Cronologia
ÍnicioFim

1943-08-18

Acordo Luso-Britânico para a concessão de facilidades no arquipélago açoriano, cedência da Base das Lajes.

1943-10-30

Conferência de Moscovo. Numa declaração assinada pelos Governos da União Soviética, Reino Unido, Estados Unidos e China afirmam a intenção da criação de uma organização internacional para a manutenção da paz e segurança.

1943-12-01

Conferência de Teerão. Numa declaração assinada pelos Governos da União Soviética, Reino Unido e Estados Unidos e China afirmam a intenção da criação de uma organização internacional para a manutenção da paz e segurança, no seguimento da conferência de Mo

1944-05-29

Pedido inglês para que Portugal suspenda as exportações de volfrâmio à Alemanha.

1944-11-28

Troca de Notas concedendo aos Estados Unidos uma base na Ilha açoriana de Santa Maria.

1945-02-11

Conferência de Yalta. O presidentes, Roosevelt, primeiro-ministro Churchill e José Estaline declararam a sua resolução de estabelecer uma organização internacional para manutenção da paz e segurança.

1945-04-25

Conferência de S. Francisco. Delegados de 50 nações encontraram-se em S. Francisco para a Conferência da Organização das Nações Unidas.

1945-05-08

Capitulação alemã, ordem para deposição de armas para todas as unidades alemãs.

1945-06-25

Aprovada por unanimidade a Carta das Nações Unidas na Ópera de S.Francisco.

1945-06-26

Assinatura da Carta das Nações Unidas por 50 países na Conferência de São Francisco

1945-07-17

Conferência de Potsdam. Ocorreu em Potsdam, entre 17 de Julho e 2 de Agosto, e reuniu os líderes dos Estados Unidos (Truman) , Grã-Bretanha (Attlee) e União Soviétiva (Estaline). Decidiram como administrar a Alemanha, que se tinha rendido incondicionalme

1945-08-06

Lançamento, pelos Estados Unidos, da bomba atómica sobre a cidade japonesa de Hiroxima

1945-09-02

Assinatura da rendição do Japão a bordo do couraçado americano Missouri e fim da II Guerra Mundial

1945-10-24

Criação da Organização das Nações Unidas (ONU). A sua Carta é ratificada pelos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança.

1946-01-10

Primeira reunião da assembleia Geral da ONU, com 51 nações representadas no Central Hall, Westminster, Londres.

1946-01-17

Primeira reunião do Conselho de Segurança da ONU em Londres, adoptando as suas regras de funcionamento.

1946-05-07

O almirante Dönitz, assinou a capitulação alemã.

1946-09-04

O governo de Salazar emite um comunicado justificando o veto da Rússia ao pedido de Portugal para integrar a ONU.

1946-11-23

Início da guerra da Indochina, com o bombardeamento do porto de Haiphong

1947-08-15

Independência da índia

1949-04-04

Criação da NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte)

1949-08-29

É realizado o primeiro teste de uma bomba atómica da União Soviética, em Semipalatinsk no (Cazaquistão).

1949-10-01

Proclamação da República Popular da China

1951-06-11

Alteração constitucional, com o desaparecimento da autonomia formal do Acto Colonial e a sua integração na Constituição portuguesa de 1933

1951-06-15

O Ministério das Colónias passa a designar-se Ministério do Ultramar

1952-04-28

Criação da Direcção-Geral dos Serviços do Ultramar, no Ministério do Exército

1953-02-04

Início dos acontecimentos de Batepá, em SãoTomé e Príncipe, que conduzem a uma violenta repressão

1953-05-27

Publicação da Lei Orgânica do Ultramar

1954-05-06

Derrota militar francesa em Dien Bien Phu - Indochina. Uma pesada derrota dos francesas e uma vitória das forças indochinesas comandadas pelo general Giap. Representa também uma importante vitória das força anti-coloniais

1954-05-20

Aprovação do Estatuto dos Indígenas Portugueses das Províncias da Guiné, Angola e Moçambique, que divide as populações em três grupos: indígenas, assimilados e brancos

1954-06-24

Invasão dos enclaves de Dadrá e Nagar-Aveli pela União Indiana

1954-07-21

Fim da guerra da Indochina com os acordos de Genebra, após a derrota militar das forças francesas em Dien-Bien-Phu, em 6 de Maio

1954-08-09

Reorganização da PIDE com a criação do quadro para o Ultramar

1954-10-10

Fundação da UPNA (União dos Povos do Norte de Angola), em Leopoldville, dirigida por Holden Roberto

1954-10-22

Início da guerra da independência da Argélia

1954-11-01

Início da extracção petrolífera em Angola

1955-04-18

Início da Conferência de Bandung, dos países não alinhados, em cujo comunicado final se considerava como um dever dos países ajudar os povos não independentes a ascender à soberania

1955-05-01

Constituição do Pacto de Varsóvia

1955-12-14

Admissão de Portugal na ONU, juntamente com mais 14 países

1956-02-24

Carta do secretário-geral da ONU a Portugal, perguntando, como era norma corrente, se Portugal administrava territórios que entrassem na categoria indicada no artigo 73.º da Carta

1956-09-18

Fundação, em Bissau, do PAIGC (Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde), dirigido por Amílcar Cabral

1956-11-06

Resposta de Portugal ao secretário-geral da ONU, afirmando que não administrava territórios que entrassem na categoria indicada no artigo 73.º da Carta

1956-12-10

Fundação, em Luanda, do MPLA (Movimento Popular de Libertação de Angola), chefiado por Mário de Andrade

1957-03-06

Independência do Gana (ex-Costa do Ouro)

1957-12-26

Início da Conferência Afro-Asiática do Cairo, com representação de 35 países, que proclamou o direito dos povos à autodeterminação, à soberania e à independência

1958-04-15

Decreto de remodelação orgânica militar de Angola e Moçambique

1958-06-08

Conferência em Acra, com a presença de oito dos nove países independentes do continente africano, não comparecendo o Egipto.

1958-06-08

Eleições presidenciais em Portugal, Humberto Delgado, candidato da oposição democrática, é oficialmente considerado vencido, com base em fraudes eleitorais

1958-06-11

Início da primeira missão de um oficial português, major Hermes de Oliveira, junto das forças francesas na Argélia

1958-08-14

Remodelação ministerial com a entrada do general Botelho Moniz para a Defesa, de Almeida Fernandes para ministro do Exército, de Costa Gomes para subsecretário de Estado do Exército, de Quintanilha de Mendonça Dias para a Marinha e de Lopes Alves para o U

1958-08-22

Nomeação do general Beleza Ferraz para o cargo de CEMGFA e do general Câmara Pina para chefe do Estado-Maior do Exército

1958-10-02

Independência da Guiné-Conacri

1958-11-24

Directiva do ministro do Exército sobre o estabelecimento de um programa geral de aperfeiçoamento e actualização do Exército

1958-12-06

Início da I Conferência dos Povos Africanos, em Acra, que, para além das medidas de apoio aos movimentos emancipalistas de todo o continente, decidiu criar um secretariado permanente com sede naquela cidade

1959-03-10

Remodelação da mecânica orçamental das forças militares ultramarinas

1959-03-12

Tentativa fracassada de golpe contra o regime de Salazar, envolvendo militares e civis

1959-04-22

Directiva do ministro do Exército sobre a necessidade de organização de unidades terrestres para operações de contraguerrilha para actuação no Ultramar

1959-07-13

Aprovação, pelo Conselho Superior de Defesa, do Plano de Reapetrechamento das forças terrestres ultramarinas

1959-08-03

Acontecimentos de Pidjiguití, em Bissau, com violenta repressão de estivadores grevistas, causando várias dezenas de mortos

1959-08-04

Início da Conferência dos Estados Independentes, em Monróvia que, numa das resoluções aprovadas, proclamava o direito à autodeterminação dos territórios coloniais

1959-10-07

Reorganização do Ministério do Exército, que passa a ter jurisdição sobre os territórios coloniais

1959-10-12

Directiva do EME sobre a definição da política militar do Exército

1959-11-06

Despacho ministerial sobre a criação do Centro de Instrução de Operações Especiais (CIOE), em Lamego, destinado a preparar tropas para a luta contraguerrilha

1959-12-12

Eleição, pela Assembleia-Geral da ONU, do Comité dos Seis para estudo e definição do conceito de 'território não autónomo', cujo reconhecimento implicava a obrigação, para a potência administrante, de prestar informações ao abrigo do artigo 73.º da Carta

1960-01-20

Directiva do CEMGFA que altera os objectivos estratégicos da defesa nacional apontando para uma futura guerra no Ultramar

1960-01-25

Início da II Conferência dos Povos Africanos, em Tunes, em que representantes dos movimentos de libertação de Angola, Guiné e Moçambique dissolvem o MAC (Movimento Anti-Colonial) e formam a FRAIN (Frente Revolucionária Africana para a Independência Nacion

1960-02-01

Publicação, em Londres, do texto de Amílcar Cabral Factos acerca das Colónias Africanas de Portugal, sob o pseudónimo de Abel Djassi

1960-04-04

Independência do Senegal

1960-04-16

Decreto-lei de criação do Centro de Instrução de Operações Especiais, em Lamego

1960-04-22

Publicação das normas para as comissões de serviço dos militares no Ultramar

1960-04-25

Criação do Depósito Geral de Adidos

1960-04-29

Parecer do Governo português sobre o artigo 73.º da Carta das Nações Unidas, não reconhecendo competência à Assembleia-Geral para exigir que os Estados membros iniciem a transmissão de informações sobre os territórios ultramarinos

1960-06-01

Realização da 111 Conferência dos Estados Africanos, em Adis-Abeba, em que esteve presente um delegado nacionalista angolano

1960-06-13

Declaração do MPLA ao Governo português para a solução pacifica do problema colonial

1960-06-16

Manifestação de trabalhadores rurais em Mueda (Moçambique), que conduz a violenta repressão

1960-06-25

Prisão de dezenas de angolanos, entre os quais Agostinho Neto e Joaquim Pinto de Andrade

1960-06-30

Independência do Congo ex-Belga (depois Zaire)

1960-07-01

Intervenção da ONU (capacetes-azuis), no Congo ex-Belga

1960-07-01

Secessão da província do Catanga, do Congo ex-Belga, declarada por Moisés Tchombé

1960-07-14

Início da Conferência dos Povos Africanos, em Adis-Abeba que conduz à divisão dos Estados africanos em face das suas diferentes orientações ideológicas

1960-08-15

Independência do Congo ex-francês

1960-09-25

Petição do PAIGC ao Governo português para resolução pacifica do problema da Guiné

1960-10-01

Fundação, em Salisbúria, da União Democrática de Moçambique (Udenamo)

1960-11-12

Manifestação em Lisboa contra a ONU, com representação de todos os concelhos

1960-11-24

Reorganização territorial das forças terrestres, com a criação de cinco regiões militares, incluindo Angola e Moçambique, e sete comandos territoriais independentes, entre os quais o da Guiné

1960-11-30

Intervenção de Salazar dirigida à Assembleia Nacional sobre a questão da unidade nacional

1960-12-01

Conferência de imprensa, em Londres, dos dirigentes nacionalistas dos territórios portugueses

1960-12-01

Publicação do primeiro número do jornal Libertação, orgão do PAIGC

1960-12-14

Aprovação, pela Assembleia-Geral da ONU, da Resolução 1514 (XV), conhecida como Declaração Anticolonialista

1960-12-15

Aprovação, pela Assembleia-Geral da ONU, da Resolução 1541 (XV), constituída pelo Relatório dos Seis, elaborado pelo respectivo comité, contendo a definição de território não autónomo

1960-12-15

Aprovação, pela Assembleia-Geral da ONU, da Resolução 1542 (XV) que entendia como territórios não autónomos os territórios administrados por Portugal, e sobre os quais havia obrigação de prestar informações

1961-01-06

Início da repressão dos agricultores de algodão, na Baixa do Cassange, em Angola

1961-01-20

Posse de John Kennedy como presidente dos Estados Unidos da América

1961-01-22

Assalto ao paquete Santa Maria, dirigido por Henrique Galvão

1961-01-31

Publicação do Programa para a democratização da República, pela oposição democrática, em que se repudia qualquer manifestação de imperialismo colonialista

1961-02-01

Assassínio do dirigente nacionalista congolês Patrice Lumumba, facto que precipitou a guerra civil

1961-02-04

Revolta em Luanda, com ataques à Casa de Reclusão, ao quartel da PSP e à Emissora Nacional, acção considerada como o início da luta armada em Angola

1961-02-07

Primeira aterragem na pista do Negaje, em Angola. Esta data passou a ser o Dia da Unidade do AB3

1961-02-17

Chegada a Lisboa do paquete Santa Maria

1961-02-20

Pedido de uma reunião urgente do Conselho de segurança da ONU para apreciação do caso de Angola, apresentado pela Libéria

1961-03-01

Carta do general Botelho Moniz a Salazar, em que manifesta preocupação pela condução da política ultramarina

1961-03-01

Início dos planos Centauro Grande e Marfim Negro, com vista à remodelação do dispositivo das forças portuguesas em Angola, com a companhia como unidade base da contraguerrilha

1961-03-04

Informação dos Estados Unidos ao Ministério da Defesa sobre a decisão da UPA em provocar incidentes violentos em Angola na noite de 15 de Março, informação menosprezada pelo comando militar de Angola

1961-03-06

Encontro entre o ministro da Defesa, general Botelho Moniz, e o embaixador americano, Elbrick, que, segundo instruções do seu Governo, pressiona a alteração da política portuguesa em África, posição que o embaixador transmitiu a Salazar no dia seguinte

1961-03-10

Inscrição na ordem do dia, pelo Conselho da ONU, da questão de Angola

1961-03-10

Início do debate pelo Conselho de Segurança do pedido apresentado pela Libéria sobre o caso de Angola, que foi rejeitado

1961-03-15

Partida de Lisboa de quatro companhias de caçadores para reforço da guarnição de Angola

1961-03-15

Início de uma rebelião dirigida pela UPA, no Norte de Angola, contra os colonos portugueses e algumas populações negras, causando centenas de vítimas

1961-03-15

Moção do Conselho de Segurança da ONU a condenar a situação em Angola, votada pelos Estados Unidos e União Soviética, o que acontece pela primeira vez

1961-03-16

Ataques dos elementos sublevados do Norte de Angola a algumas povoações, como Carmona, Aldeia Viçosa e Bessa Monteiro

1961-03-16

Chegada a Luanda da primeira companhia de pára-quedistas

1961-03-16

Telegrama das associações económicas de Angola ao Governo central, a pedir providências

1961-03-17

Primeiro comunicado oficial sobre os acontecimentos do Norte de Angola

1961-03-18

Início da actuação da Força Aérea no Norte de Angola

1961-03-21

Chegada, a Luanda, do almirante Lopes Alves, ministro do Ultramar

1961-03-21

Evacuação de mais de 3500 portugueses residentes no Norte de Angola para Luanda, através de ponte aérea

1961-03-23

Início da Conferência dos Povos Africanos, no Cairo, em que foi aprovada uma resolução política respeitante aos territórios portugueses

1961-03-23

Portugal abandona os trabalhos da Assembleia-Geral da ONU, em protesto pelo facto de ter sido aceite a discussão da situação em Angola

1961-03-24

Aprovação do decreto para a condução da política de defesa nas províncias ultramarinas

1961-03-25

Carta do ministro da Defesa, general Botelho Moniz, a Salazar, em que preconizava 'imediatas reformas no plano interno'

1961-03-27

Reunião dos altos comandos militares, presidida pelo ministro da Defesa, onde se coloca a hipótese de substituição do Governo

1961-03-27

Manifestação contra a política norte-americana, em Lisboa

1961-03-28

Constituição, em Angola, do primeiro corpo de voluntários civis

1961-03-30

Decreto que dá aos governadores-gerais o encargo da política de defesa de cada colónia

1961-03-31

Anunciada a prisão do cónego Manuel Mendes das Neves, por apoio aos movimentos de libertação de Angola

1961-03-31

Criação de um corpo de voluntários civis, para actuação no Norte de Angola

1961-04-01

Autorização do financiamento secreto a Holden Roberto e à UPA por parte do National Security Council Special Group (EUA)

1961-04-01

Decreto da organização da Defesa Civil do Território, com criação nas colónias de uma comissão de coordenação de defesa civil

1961-04-02

Emboscada, em Cólua, a uma coluna militar portuguesa, sendo mortos nove militares, dos quais dois oficiais, capitão Castelo da Silva e tenente Prazeres

1961-04-04

Aprovação de uma moção a favor da autodeterminação de Angola pela Assembleia-Geral da ONU

1961-04-08

Primeira referência pública de Salazar à questão de Angola durante uma recepção aos agricultores do Baixo Mondego

1961-04-10

Ataque à povoação de Úcua, na estrada Luanda-Carmona, com o massacre de 13 brancos

1961-04-10

Primeiro ataque a trabalhadores bailundos de uma fazenda na área do Quitexe

1961-04-11

Ataque a uma patrulha portuguesa próximo de Tando Zinge, Cabinda

1961-04-12

Ataque à povoação de Lucunga, com massacre da maior parte dos seus habitantes brancos

1961-04-13

Ataque de guerrilheiros provenientes do Congo-Brazzaville a Bucanzau, em Cabinda

1961-04-13

Tentativa de golpe de Estado dirigido pelo general Botelho Moniz, que leva à demissão dos mais altos chefes militares

1961-04-13

Remodelação governamental, assumindo Salazar a pasta da Defesa em substituição de Botelho Moniz. Mário Silva substitui Almeida Fernandes, no Exército, e Adriano Moreira substitui Vasco Lopes Alves, no Ultramar

1961-04-14

Beleza Ferraz, Chefe do Estado-Maior das Forças Armadas, é substituído por Gomes de Araújo

1961-04-14

Declaração de Salazar na tomada de posse dos novos membros do Governo: 'A explicação é Angola, andar rapidamente e em força é o objectivo que vai por à prova a nossa capacidade de decisão'

1961-04-15

Reunião do primeiro Conselho Superior Militar, presidido por Salazar, para tratar do envio de reforços militares para Angola

1961-04-15

Carta do coronel Costa Gomes ao Diário Popular afirmando que o problema africano não era fundamentalmente militar

1961-04-18

Partida dos primeiros contingentes militares, para Angola, formados por pára-quedistas, por via aérea

1961-04-18

Assembleia constituinte da CONCP (Conferência das Organizações Nacionalistas das Colónias Portuguesas), em Casablanca, em substituição da FRAIN

1961-04-20

Aprovação, pela Assembleia Geral da ONU, da Resolução 1603 (XV), incitando o Governo português a promover urgentes reformas para cumprimento da Declaração Anticolonialista, tendo em devida conta os direitos humanos e as liberdades fundamentais

1961-04-20

Instituição, pela Assembleia-Geral da ONU, de um Subcomité dos Cinco, a fim de investigar a situação relacionada com os acontecimentos em Angola

1961-04-21

Partida dos primeiros contingentes militares para Angola (via marítima)

1961-04-23

Partida de uma companhia de legionários para Angola

1961-04-24

Revogação do Estatuto de Trabalho Indígena Rural (Decreto-Lei 44 309)

1961-04-28

Criação do Movimento Nacional Feminino

1961-04-30

Fim do cerco à povoação de Mucaba, depois da intervenção da Força Aérea

1961-05-01

Chegada a Luanda dos primeiros contingentes transportados por via marítima

1961-05-02

Ataque a Sanza Pombo e novos ataques a Mucaba e à Damba, no Norte de Angola

1961-05-02

Decreto de suspensão da obrigação do cultivo do algodão

1961-05-04

Franco Nogueira substitui Marcelo Matias no Ministério dos Negócios Estrangeiros

1961-05-04

Ataque ao Songo, a norte de Carmona

1961-05-06

Ataque a São Salvador do Congo

1961-05-08

Criação dos batalhões de Caçadores Pára-Quedistas n.º 21 (BCP 21), em Angola, e n.º 31 (BCP 31), em Moçambique (Beira)

1961-05-08

Ataques a Sanza Pombo, Úcua, Santa Cruz, Macocola e Bungo, com utilização de novas armas

1961-05-21

Ataque frustrado ao nó de comunicações do Toto, a sul de Bembe

1961-05-24

Ataque a Quimbele durante treze horas consecutivas

1961-05-24

Ataque ao posto de Porto Rico, próximo de Santo António do Zaire, com utilização de armas automáticas

1961-05-26

Pedido de convocação urgente do Conselho de Segurança da ONU, por mais de 40 países afro-asiáticos, em face do agravamento da situação em Angola

1961-05-31

Chegada do Batalhão de Caçadores 88 à Damba

1961-05-31

Posse do almirante Sarmento Rodrigues do cargo de governador-geral e comandante-chefe de Moçambique

1961-05-31

Separação da União Sul-Africana da Commonwealth, tomando a designação de República da África do Sul

1961-06-02

Ataques a várias fazendas em torno de Carmona, Negaje e Ambriz

1961-06-02

Fuga de Portugal para o estrangeiro de estudantes ultramarinos, muitos dos quais virão a desempenhar papel importante na luta nacionalista

1961-06-04

Nomeação de Venâncio Deslandes para os cargos de governador-geral e comandante-chefe de Angola

1961-06-08

Primeiro avião da Força Aérea desaparecido em Angola, com três tripulantes a bordo

1961-06-09

Aprovação, pelo Conselho de Segurança do ONU de uma resolução deplorando profundamente os massacres e demais medidas de repressão da população angolana, podendo comprometer a persistência desta situação a manutenção da paz e segurança internacionais

1961-06-14

Reocupação do Tomboco por uma força da Marinha

1961-06-17

Posse, em Lisboa, do cargo de governador-geral de Angola do general Venâncio Deslandes

1961-06-19

Ataque dos guerrilheiros da UPA à vila de Ambriz, com utilização de armas automáticas

1961-06-22

Criação da Secretaria de Estado de Aeronáutica, que substitui a Subsecretaria de Estado, mantendo como titular Kaúlza de Arriaga, que desempenhara um papel importante na denúncia do golpe Botelho Moniz

1961-06-24

Reocupação de Cuimba, a este de São Salvador do Congo

1961-06-27

Visita a Lisboa, para conversações com o Governo, de Dean Rusk, secretário de Estado norte-americano

1961-06-30

Primeiro comunicado oficial das Forças Armadas, referindo a morte de 50 militares entre 4 de Fevereiro e 30 de Junho em Angola

1961-07-01

Operações do Exército e Força Aérea na serra da Canda, para reabertura da chamada 'estrada do café'

1961-07-01

Deslocação de um membro do Subcomité dos Cinco a Lisboa, para encontro com Salazar

1961-07-03

Visita de J. Fouché, ministro da Defesa da África do Sul, a Lisboa

1961-07-07

Comunicado das Forças Armadas sobre as actividades dos meses de Maio e Junho, no Norte de Angola

1961-07-14

Difusão de Novas Directivas Gerais de Censura que exigem atenção especial aos títulos e subtítulos referentes a acontecimentos militares do Ultramar

1961-07-15

Morte de seis militares em Quicabo

1961-07-18

Início da operação de cerco a Nambuangongo, ocupada pelos rebeldes desde o início da sublevação em Angola

1961-07-21

Ataque de um grupo de guerrilheiros ao aquartelamento português de São Domingos, na fronteira da Guiné com o Senegal, que provocou quatro feridos militares

1961-07-27

Corte de relações diplomáticas do Senegal com Portugal

1961-08-01

Ocupação do Forte de São João Baptista de Ajudá pelo Daomé

1961-08-03

Acções de sabotagem na Guiné, efectuadas pelo PAIGC

1961-08-04

Ocupação de Zala e Quicunzo pelas forças portuguesas, que progridem para Nambuangongo

1961-08-07

Declaração do ministro do Exército à emissora oficial de Angola, onde afirma que aos 'terroristas' se colocava apenas um dilema: 'Rendição incondicional ou aniquilamento total'

1961-08-08

Entrega de 'brevets' às cinco primeiras enfermeiras pára-quedistas

1961-08-09

Entrada de forças portuguesas em Nambuangongo

1961-08-11

Integração dos enclaves de Dadrá e Nagar-Aveli por parte da União Indiana

1961-08-11

Primeira operação militar com lançamento de pára-quedistas, efectuado sobre a região de Quipedro, em Angola

1961-08-17

Primeira utilização operacional dos aviões caças-bombardeiros F84, a partir da Base Aérea de Luanda

1961-08-24

Extinção do regime da cultura obrigatória do algodão nos territórios coloniais

1961-08-24

Início de uma operação conjunta, com aviação, pára-quedistas e forças terrestres, na serra da Canda

1961-09-01

Início da I Conferência Plenária dos Países Não Alinhados em Belgrado apela à ajuda internacional do povo angolano para que constitua sem demora um estado livre e independente

1961-09-05

Anúncio pelo ministro de Estado, Correia de Oliveira, da criação do Mercado Único Português, numa reunião com as associações económicas

1961-09-06

Revogação do Estatuto dos Indígenas 1961.09.09 Criação do Serviço Postal Militar

1961-09-10

Início da operação militar conjunta que conduz à reocupação da 'Pedra Verde'

1961-09-16

Desordem entre militares pára-quedistas e elementos da polícia, em Luanda, de que resultou um morto e vários feridos, e que ficou conhecido como 'Incidente da Versalhes'

1961-09-16

Entrada das tropas portuguesas na Pedra Verde

1961-09-27

Encerramento da estrada Carmona-Negaje, devido a novas acções militares dos guerrilheiros da UPA

1961-09-30

Transferência da sede do MPLA de Conacri para Leopoldville

1961-10-07

Discurso de Venâncio Deslandes, a dar por findas as operações militares no Norte de Angola, passando-se à fase das operações de polícia

1961-10-12

Partida para Angola da imagem de Nossa Senhora de Fátima, depois de uma cerimónia em que estiveram presentes o cardeal Cerejeira e o chefe de Estado

1961-10-13

Carta aberta de Amílcar Cabral ao Governo português, a reclamar a solução pacífica do problema da Guiné e Cabo Verde

1961-10-18

Cerimónia da entrega das insígnias aos primeiros fuzileiros navais, no Alfeite, destinados a Angola

1961-10-21

Início de um colóquio internacional, promovido pela União Indiana, sobre as colónias portuguesas

1961-10-31

Entrega ao presidente da República de uma carta pelos candidatos da oposição, a exigir a substituição do Governo

1961-11-01

Intervenção das forças da ONU no Catanga para pôr fim à secessão

1961-11-01

Visita do adido militar americano em Lisboa, a Angola

1961-11-01

Recomposição do Comité Executivo da UPA, com Alexandre Taty, vice-presidente, e Jonas Savimbi, secretário-geral

1961-11-05

Definição, pelo Governo português, das bases para a 'unidade económica da Nação'

1961-11-06

Manifestação do Exército de apoio ao Governo, na sequência da carta da oposição de 31 de Outubro

1961-11-10

Desvio de um avião da carreira Lisboa-Casablanca, por membros da oposição ligados a Henrique Galvão e dirigidos por Palma Inácio, com lançamento de panfletos sobre Lisboa

1961-11-10

Desastre de aviação do Chitado, em que morreu o general Silva Freire, comandante da Região Militar de Angola, e mais 14 militares do Exército e da Força Aérea

1961-11-13

Condenação, pela Comissão de Tutela da ONU, da política colonial portuguesa

1961-11-14

Abandono por Portugal de uma sessão da 4ª Comissão da ONU, em protesto pela audição de dois dirigentes do Movimento de Libertação da Guiné e Cabo Verde

1961-11-14

Partida do primeiro destacamento de fuzileiros especiais para Angola

1961-11-18

Visita do primeiro-ministro da Federação das Rodésias e Niassalândia a Lisboa, para conversações com Salazar

1961-11-22

Alteração do sistema tributário português, para fazer face às despesas de guerra

1961-11-27

Criação do Comité de Descolonização da ONU

1961-11-27

Anúncio, pelo governador-geral de Angola, de 'nova actividade terrorista' no Norte do território

1961-12-01

Acordo entre Mário de Andrade, líder do MPLA, e Humberto Delgado, para a formação de uma Frente Unida contra o regime português

1961-12-02

Expulsão de Portugal de quatro missionários norte-americanos, acusados de apoio aos movimentos angolanos

1961-12-08

Independência da Tanzânia

1961-12-12

Evacuação de mulheres e crianças de Goa

1961-12-14

Determinação de Salazar sobre a índia: 'Apenas pode haver soldados e marinheiros vitoriosos ou mortos'

1961-12-16

Intimação do Governo da União Indiana para a evacuação dos territórios de Goa, Damão e Diu

1961-12-16

Veto da União Soviética a um projecto de resolução do Conselho de Segurança da ONU, a condenar a União Indiana pela ameaça militar contra Goa, apresentado pelos Estados Unidos, França e Turquia

1961-12-17

Inicio da operação militar que leva à ocupação de Goa, Damão e Diu por parte da União Indiana

1961-12-19

Instituição pela AG, da ONU de um Comité Especial para os Territórios Administrados por Portugal (Comité dos Sete), a convidar os estados membros a recusar qualquer ajuda ou assistência utilizável contra as populações dos territórios coloniais

1961-12-19

Apresentação da rendição das tropas portuguesas ao comando indiano

1961-12-30

Discussão de Salazar com alguns ministros sobre a hipótese de abandono da ONU por Portugal

1962-01-01

Ataque ao quartel de Beja dirigido por Varela Gomes, no âmbito de um movimento militar que não teve êxito

1962-01-01

Constituição, em Dar-es-Salam, do Comité de Unificação dos Movimentos Nacionalistas de Moçambique

1962-01-03

Estabelecimento, em Lisboa, de um governo do Estado da Índia

1962-01-15

Portugal abandona a Assembleia-Geral da ONU, em virtude do debate sobre Angola

1962-01-27

Acordo entre Portugal e a União Indiana para o repatriamento de mais de três mil prisioneiros

1962-01-30

Resolução da Assembleia-Geral da ONU, reprovando a repressão e acção armada desencadeada por Portugal contra o povo angolano, reafirmando o direito deste à autodeterminação e independência

1962-01-31

Manifestação no Porto com gritos de ordem contra a guerra colonial, o que acontece pela primeira vez

1962-02-01

Criação da Missão de Estudos Económicos do Ultramar

1962-02-02

Marcelo Caetano preconiza uma modificação constitucional com vista a transformar o Estado unitário em Estado Federal

1962-03-01

Abertura de negociações entre Portugal e a África do Sul sobre um projecto de aproveitamento do rio Cunene

1962-03-01

Fim da guerra da Argélia

1962-03-01

Constituição, por intelectuais portugueses naturais ou residentes em Angola, da Frente Unida Angolana (FUA), de apoio ao MPLA

1962-03-02

Criação de uma organização de voluntários de carácter permanente em cada um dos territórios coloniais

1962-03-03

Reivindicação, pela UPA, em Leopoldville, da prisão e execução de um destacamento do MPLA

1962-03-12

Inicio das emissões da Rádio Portugal Livre, a partir da Argélia

1962-03-13

Prisão, em Bissau, pela PIDE, dos dirigentes do PAIGC, Rafael Barbosa e Fernando Fortes

1962-03-13

Carta do Comité dos Sete da ONU ao Governo português solicitando informação sobre as condições de uma visita do Comité aos territórios sob administração portuguesa

1962-03-18

Deslocação a Lisboa do governador-geral de Moçambique, almirante Sarmento Rodrigues, por causa de actividades secessionistas de colonos da Beira

1962-03-23

Resposta do Governo português à carta do Comité dos Sete da ONU recusando a visita do Comité aos territórios sobre administração portuguesa

1962-03-24

Proibição, pelo Governo, das celebrações do Dia do Estudante, abrindo-se a crise académica

1962-03-27

Constituição da FNLA, a partir da UPA e do PDA

1962-04-05

Formação do GRAE (Governo Revolucionário de Angola no Exílio) pela FNLA

1962-04-06

Greve da Universidade de Lisboa

1962-04-12

Remodelação ministerial, com Gomes de Araújo a substituir Salazar na Defesa Nacional, Joaquim da Luz Cunha a substituir Mário Silva no Exército e Peixoto Correia a substituir Adriano Moreira no Ultramar

1962-04-12

Agitação nas universidades - luto académico

1962-04-27

Aprovação do Código do Trabalho Rural para o Ultramar

1962-05-01

Evasão de Lisboa, onde tinha residência fixa, de Agostinho Neto

1962-05-01

Repressão de manifestações de rua em Lisboa com palavras de ordem contra a guerra colonial, de que resulta um morto e várias dezenas de feridos

1962-05-22

Chegada a Lisboa dos primeiros prisioneiros portugueses da Índia, a bordo do navio Vera Cruz

1962-06-01

Apresentação, por Amílcar Cabral, perante a Comissão da ONU para os territórios administrados por Portugal, de um relatório intitulado 'O Nosso Povo, o Governo Português e a ONU'

1962-06-14

Criação de um Centro de Instrução em Zemba (CI 21) para formar as primeiras unidades de comandos

1962-06-25

Criação da Frelimo (Frente de Libertação de Moçambique), presidida por Eduardo Mondlane

1962-07-01

Entrada em funcionamento da base de Kinkusu, atribuída pelo Governo do Congo-Leopoldville à UPA

1962-07-01

Condenação, em Luanda, dos escritores António Jacinto, António Cardoso e José Graça (Luandino Vieira) a 14 anos de prisão por 'actividades contra a segurança exterior do Estado'

1962-07-05

Independência da Argélia

1962-08-01

Recomendação da Conferência de Ministros dos Negócios Estrangeiros da OUA reunida em Dacar para o reconhecimento do GRAE de Holden Roberto

1962-09-01

Fundação, em Dacar, da Frente de Libertação Nacional da Guiné (FLlNG)

1962-09-01

Petição ao presidente da República, por um grupo de personalidades da oposição, reclamando a demissão de Salazar e uma modificação na política ultramarina

1962-09-23

Início do I Congresso da Frelimo em Dar-es-Salam

1962-09-24

Demissão de Venâncio Deslandes dos cargos de govemador-geral e comandante-chefe de Angola, na sequência de divergências com o ministro do Ultramar, Adriano Moreira, por questões de autonomia política e administrativa do território

1962-10-24

Recepção de Kennedy a Franco Nogueira

1962-11-01

Fim da secessão do Catanga e Cassai, que são reintegrados no Congo-Leopoldville

1962-11-15

Carta de Viriato da Cruz aos elementos do MPLA, manifestando-se contra Agostinho Neto

1962-11-23

Depoimento de Eduardo Mondlane, em nome da Frelimo, perante o Comité Especial da ONU para os territórios administrados por Portugal

1962-12-01

Apresentação na ONU do plano 'U' Thant' para unificação do Congo, para solucionar a questão da secessão do Katanga

1962-12-01

Declarações de David Mabunda, secretário-geral da Frelimo, no Cairo, segundo as quais seria inevitável nova guerra, como em Angola, se Portugal não tomasse medidas imediatas para garantir a autodeterminação de Moçambique

1962-12-01

Negociações, em Paris, de Sócrates Deskalos, presidente da Frente Unida Angolana (FUA), para abrir um novo quartel-general no Congo e para colaborar com a UPA e MPLA

1962-12-01

Início do I Congresso do MPLA em Leopoldville, com Agostinho Neto na presidência e Mário de Andrade na vice-presidência, sendo elementos da Comissão Governativa P. Domingos da Silva, Matias Miguéis, Manuel Lima e Sócrates Daskalos

1962-12-03

Remodelação ministerial, com a entrada de Gomes de Araújo para ministro da Defesa, de Luz Cunha para ministro do Exército, de Peixoto Correia para o Ultramar e de Francisco Chagas para secretário de Estado da Aeronáutica

1962-12-12

Aprovação de uma moção na ONU recomendando um programa especial de assistência técnica para educação e treino de dirigentes nacionalistas dos territórios sob administração portuguesa

1962-12-13

Apresentação de Amílcar Cabral na Comissão de Curadorias da ONU como representante do PAIGC

1962-12-14

Resolução da Assembleia-Geral da ONU sobre Angola, condenando a atitude de Portugal, pedindo o reconhecimento imediato do direito dos povos não autónomos à autodeterminação e independência e a cessação imediata de todos os actos de repressão

1962-12-18

Resolução da Assembleia-Geral da ONU, reafirmando o inalienável direito o povo de Angola à autodeterminação e independência, condenando a guerra colonial conduzida por Portugal e requerendo ao Conselho de Segurança as medidas adequadas

1962-12-19

Início da Conferência das Forças Antifascistas Portuguesas, que funda a Frente Patriótica de Libertação Nacional (FPLN)

1962-12-28

Depoimento de Holden Roberto, líder da UPA, perante a comissão especial da ONU

1963-01-18

Debate pelo Governo português de um projecto de Lei Orgânica do Ultramar

1963-01-23

Início da luta armada na Guiné, com um ataque ao quartel de Tite pelo PAIGC

1963-02-01

Expulsão dos portugueses residentes na Serra Leoa e proibição de importação de mercadorias portuguesas, por causa de política colonial de Portugal

1963-02-01

Organização, pelo Comité Poliko da FLN da Argélia, do Dia de Angola, como apoio à independência

1963-02-04

Início da III Conferência de Solidariedade Afro-Asiática na Tanganhica, presidida por Julius Nyerere, em que foi pedido o boicote económico e diplomático contra Portugal

1963-02-21

Encontro de Salazar com dois enviados do presidente Youlou, do Congo-Brazzaville, que se propõe mediar uma solução para o problema angolano

1963-03-01

Captura, por guerrilheiros do PAIGC, dos navios Mirandela e Arouca perto de Cacine, que mais tarde utilizou para transporte de pessoal e material na Guiné-Conacri

1963-03-01

Reuniões da Comissão de Descolonização da ONU, atribuindo prioridade aos territórios sob administração portuguesa

1963-03-01

Deserção do piloto militar português Jacinto Veloso, que aterrou com o seu avião na Tanzânia

1963-03-01

Publicação de um conjunto de decretos com vista à formação de um mercado único português

1963-03-10

Declaração de Amílcar Cabral em Paris sobre a disponibilidade de o PAIGC suspender a luta, se Portugal quisesse solucionar pacificamente o problema colonial

1963-03-13

Contestação do Governo português à competência da Comissão de Descolonização da ONU para decidir sobre os territórios ultramarinos de Portugal

1963-03-15

Comemoração, pela UPA, em Leopoldville, do segundo aniversário do início das hostilidades em Angola, com a presença do primeiro-ministro congolês

1963-03-15

Aníbal São José Lopes assume a direcção da PIDE em Angola

1963-03-21

Demissão de dez oficiais, em consequência dos acontecimentos da Índia

1963-04-01

Atribuição, a vários militares, do Prémio Governador-Geral, instituído pela TAP, pelas acções valorosas em defesa de Angola

1963-04-01

Tentativa, por parte do MPLA, de reactivar a acção da ATCAR, Associação dos Quiocos do Congo, Angola e Rodésia

1963-04-03

Anúncio, por Franco Nogueira, da intenção de negociar um pacto de não agressão com os países limítrofes de Angola e outros países africanos

1963-04-09

Comunicado oficial do Governo do Senegal sobre o bombardeamento efectuado por quatro aviões portugueses a uma aldeia fronteiriça, sendo o assunto comunicado ao Conselho de Segurança da ONU

1963-04-11

Publicação da Encíclica Pacem in Terris do Papa João XXIII com referência explícita à independência de todos os povos

1963-04-20

Reunião Internacional da Juventude em Argel, com a presença de representantes de Angola

1963-05-01

Entrevista de Mário de Andrade, do MPLA, ao jornal Le Monde, em que afirma ser indispensável e decisivo o isolamento total de Portugal

1963-05-01

François Mendy, presidente da Frente de Luta pela Independência da Guiné (FLING), preconiza uma conferência para o reagrupamento de todos os movimentos nacionalistas das colónias portuguesas

1963-05-01

Comandante Vasco Rodrigues, governador-geral da Guiné

1963-05-01

Conferência entre Peterson, representante da UPA, e o presidente Kaunda em Elisabeteville sobre a possibilidade de a UPA utilizar o território da Rodésia do Norte (actual Zâmbia) como base

1963-05-01

Nomeação de João Eduardo como representante permanente do MPLA em Argel

1963-05-01

Reunião do Comité Executivo da União Internacional dos Estudantes (UIE) em Argel, em que é apresentado um relatório sobre a situação em Angola

1963-05-25

Fundação da Organização de Unidade Africana (OUA) pelos chefes de 30 Estados independentes de África reunidos em Adis Abeba

1963-05-28

Anúncio, pela NATO, da instalação em Portugal da base de comando da Zona Ibero-Atlântica

1963-05-29

Recepção de Franco Nogueira por Kennedy e Dean Rusk

1963-06-01

Corte de relações diplomáticas da República Árabe Unida com Portugal devido à política colonial portuguesa

1963-06-01

Assalto à sede do MPLA, em Leopoldville, pela polícia congolesa, que prende Agostinho Neto e Lúcio Lara

1963-06-07

Declaração do secretário de Estado para os Assuntos Africanos dos Estados Unidos, segundo a qual os interesses estratégicos dos EUA exigem a continuação da cooperação com Portugal

1963-06-10

Fundação, pelo MPLA, da Frente Democrática de Libertação de Angola (FDLA)

1963-06-10

Primeira cerimónia do 'Dia da Raça' realizada no Terreiro do Paço, em Lisboa, de homenagem às Forças Armadas

1963-06-30

Passagem das acções do PAIGC para norte do rio Geba

1963-07-01

Declarações do abade Youlou, presidente do Congo-Brazaville, em Paris, sobre conversações acerca da efectivação de eleições em Angola, solução contestada pela FNLA

1963-07-01

Criação em Leopoldville da Frente Democrática para a Libertação de Angola, sob a presidência de Agostinho Neto, constituída pelo MPLA e outros pequenos partidos

1963-07-01

Reconhecimento exclusivo do GRAE e da FNLA, chefiados por Holden Roberto, pelo Governo do Congo-Leopoldville (República Democrática do Congo) com reacções negativas de alguns países africanos

1963-07-01

Decisão da Libéria de expulsar portugueses residentes no seu território, com excepção dos que solicitarem estatuto de refugiados

1963-07-01

Corte de relações diplomáticas do Senegal com Portugal, com proibição de circulação de pessoas e mercadorias na fronteira com a Guiné

1963-07-01

Notícia do Le Monde sobre um contacto de Benjamim Pinto Buli, secretário-geral da União dos Naturais da Guiné (UNGP) com as autoridades portuguesas para a criação de um regime de autonomia interna

1963-07-01

Utilização, pelo PAIGC, da primeira mina anti-carro, na estrada Fulacunda-São João

1963-07-01

Início da Conferência Internacional de Instrução Pública, em Genebra, em que é aprovada uma moção que pede a exclusão de Portugal por causa da sua política colonial

1963-07-01

Debate, em Brazzaville, entre os movimentos nacionalistas angolanos no sentido da formação de um Comité de Coordenação

1963-07-10

Início dos trabalhos de uma comissão de boa vontade nomeada pelo Comité de Libertação Africano no sentido de tentar unir os esforços dos movimentos de libertação angolanos

1963-07-13

Reconhecimento do GRAE pelo Comité de Libertação da OUA (Organização de Unidade Africana)

1963-07-13

Início da visita a Leopoldville de uma missão da OUA, que recomenda aos países africanos o reconhecimento do GRAE e o apoio à FNLA

1963-07-16

Encontro de Sal azar com Benjamim Pinto Buli, dirigente de uma das facções da FLlNG

1963-07-22

Crítica de Mário de Andrade à formação da Frente Democrática de Libertação de Angola pelo MPLA

1963-07-24

Encontro entre o presidente do Congo-Brazzaville, Youlou, e o embaixador português em Paris sobre um programa para a realização de eleições em Angola

1963-07-27

Exclusão de Portugal da Comissão Económica para África (CEA), organismo da ONU

1963-07-31

Oposição dos Estados Unidos. França e Grã-Bretanha, no Conselho de Segurança da ONU, à aplicação de sanções contra Portugal

1963-07-31

Resolução do Conselho de Segurança da ONU que rejeita o conceito português de 'províncias ultramarinas', decidindo que a Situação perturbava seriamente a paz e a segurança em África, apelando a Portugal para reconhecer o direito de autodeterminação e inde

1963-08-01

Congresso dos partidos nacionalistas de Cabinda em Ponta Negra, com a presença do presidente Youlou, do Congo-Brazza, onde se formou a Frente de Libertação de Cabinda

1963-08-01

Carta de Salazar ao primeiro-ministro sul-africano pedindo cooperação e lembrando que 'estamos quase sós em África', explicando que ou o bastião português resistia ou a guerra atingiria a África do Sul

1963-08-01

Reconhecimento do GRAE de Holden Roberto pela Tunísia, Argélia e Marrocos

1963-08-01

Convite de Portugal ao secretário-geral da ONU para visitar Lisboa, a fim de tratar das questões da política portuguesa em África

1963-08-01

Concessão, pelo Governo português, à Pan American Internatlonal Oil Corporation, da prospecção de petróleo em Moçambique

1963-08-10

Crítica do marechal Craveiro Lopes a alguns aspectos da política ultramarina

1963-08-12

Discurso de Salazar sobre o problema do ultramar, que teve grandes repercussões internacionais e levou os nacionalistas a reafirmarem a continuação da luta

1963-08-23

Interdição do espaço aéreo do Senegal a aviões procedentes ou destinados a Portugal e à Africa do Sul

1963-08-23

Cerimónia de apoio dos generais e oficiais superiores a Salazar e à politica ultramarina

1963-08-27

Manifestação nacional no Terreiro do Paço, em Lisboa, de apoio à política ultramarina do Governo, que serviu de base à legitimidade da política de defesa ultramarina do Governo português

1963-08-29

Início das conversações de George Ball, representante americano, com Franco Nogueira e Salazar, em Lisboa, em que se evidenciam as divergências relativamente aos conceitos de autodeterminação e do factor tempo no problema africano

1963-08-30

Encontro de George Ball, subsecretário de Estado americano, com Salazar, sendo debatida a atitude americana face à política colonial e a presença dos EUA nos Açores

1963-09-01

Reconhecimento do GRAE de Holden Roberto pelo Senegal

1963-09-01

Conferência de imprensa, no Rio de Janeiro, de Jorge Goinola, representante do GRAE, acompanhado de Humberto Delgado

1963-09-01

Utilização pela FNLA, na região de Noqui, Norte de Angola, de minas A/C MK7 e granadas de mão Societa Romana

1963-09-01

Conflito entre a FNLA e a FNLEC por causa de declarações sobre o enclave de Cabinda

1963-09-01

Condenação, pelo VIII Congresso Internacional Socialista, dos países que persistem em oprimir os povos coloniais, como Portugal

1963-09-16

Início de uma visita de Américo Tomás a Angola

1963-09-23

Chegada do ministro da Defesa, general Gomes de Araújo, a Moçambique para uma visita ao território

1963-10-01

Utilização pelos nacionalistas de Angola do seguinte armamento: granadas de morteiro 60, LG anti-carro AC-P27(checo), LG RPG2(russo), canhão sem recuo 57 (chinês) e canhão sem recuo 75 (chinês)

1963-10-01

Realização da XVIII Assembleia-Geral da ONU, em que os países afro-asiáticos atacam a política colonial portuguesa

1963-10-01

Realização de conversações entre representantes portugueses e africanos, promovidas por U'Thant, secretário-geral da ONU, que virá a apresentar um relatório ao Conselho de Segurança sobre estas conversações

1963-10-01

Anúncio, em Leopoldville, do recomeço da ofensiva no interior de Angola por parte do Exército de Libertação Nacional de Angola (ELNA), da FNLA

1963-10-03

Posse, em Bissau, do novo secretário-geral da província da Guiné, James Pinto Bull

1963-10-04

Conferência de imprensa do Quartel-General de Luanda para comunicação da situação militar em Angola

1963-10-16

Início de conversações entre Portugal e alguns países africanos, sob a égide da ONU, que incidiram, sem acordo, no sentido e no alcance do conceito de auto-determinação

1963-10-17

Decisão do Governo português de considerar os crimes previstos na legislação militar, como cometidos em tempo de guerra

1963-11-01

Reorganização do MPLA, com ligação ao Corpo Voluntário Angolano de Auxílio aos Refugiados (CVAAR) e da União Nacional dos Trabalhadores Angolanos (UNTA)

1963-11-02

Encerramento da sede do MPLA em Leopoldville e proibição da actividade do movimento no Congo

1963-11-07

Recepção de Franco Nogueira por Kennedy

1963-11-08

Debate na Comissão de Curadorias da ONU, sendo pedido ao Conselho de Segurança que se ocupe com urgência da situação nos territórios portugueses

1963-11-22

Assassínio do presidente Kennedy, nos Estados Unidos da América

1963-12-01

Primeiras actividades operacionais na Zona Militar Leste, em Angola

1963-12-01

Intervenção de Henrique Galvão na ONU sobre a 'questão ultramarina portuguesa'

1963-12-03

Resolução da Assembleia-Geral da ONU, a solicitar ao Conselho de Segurança a adopção das medidas necessárias à execução das suas resoluções relativas aos territórios sob administração portuguesa

1963-12-06

Declaração pública dos Estados africanos participantes nas conversações com Portugal, em que se lamenta o facto de não ter modificado minimamente os princípios fundamentais da sua política, tornando impossível qualquer conversação séria

1963-12-09

Convite do Governo português ao secretário-geral da ONU, U'Thant, para visitar Angola e Moçambique

1963-12-11

Resolução do Conselho de Segurança da ONU, a confirmar o conceito de autodeterminação da Declaração Anticolonialista e a deplorar a inobservância da resolução de 31 de Julho de 1963

1964-01-01

Conferência dos Quadros e dos Militantes Activos do MPLA

1964-01-01

Realização da I I Conferência das Forças Antifascistas Portuguesas, promovida pela FPLN

1964-01-11

Aprovação, pela Assembleia Nacional, de uma moção de apoio à 'política de defesa intransigente do solo pátrio', com referência ao Ultramar

1964-01-14

Início da operação Tridente, em que forças portuguesas, comandadas por Fernando Cavaleiro, desembarcam na ilha do Como, no Sul da Guiné, operação que se prolonga por mais de dois meses

1964-02-01

Reportagem da revista Africa Report sobre a história e evolução do PAIGC, focando a sua organização, objectivos, relações e formas de actuar

1964-02-01

Melhoria da actividade do ELNA em Angola, com armamento de maior potência, maior dispersão de acções de guerrilha e melhor preparação do pessoal

1964-02-01

Na Guiné, a FUNG, dirigida por François Mendy, e a UNGT, dirigida por Pinto Bull, tentam a aproximação, embora alguns elementos prefiram o entendimento com Amílcar Cabral

1964-02-01

Agostinho Neto, presidente do MPLA, desenvolve uma campanha no sentido de se aproximar dos países ocidentais e africanos

1964-02-13

Início do I Congresso do PAIGC, realizado em Cassacá, no Sul da Guiné. Neste Congresso foi feita a separação entre poderes civis e militares, definido o conceito de território nacional e criados os comandos militares inter-regionais

1964-03-01

Violentos combates pela reconquista da ilha do Como, na posse do PAIGC

1964-03-01

Comunicado do PAIGC, distribuído em Argel, afirmando o acordo entre a oposição portuguesa, representada por Humberto Delgado, e os movimentos de libertação africanos, para estreitamento de relações e concordância numa acção comum

1964-03-01

Fim da operação Tridente, na Guiné, que se desenvolveu na região de Como, envolvendo as ilhas de Como, Caiar e Catunco

1964-03-05

Concessão de facilidades da Alemanha para recuperação de militares mutilados nas guerras coloniais

1964-03-08

Reunião de dirigentes do PAIGC e da FPLN, em Argel

1964-03-17

Apresentação de um relatório de U'Thant ao Conselho de Segurança sobre a presença em Angola de mercenários e ex-gendarmes catangueses

1964-03-21

Comunicado da PIDE, a acusar Humberto Delgado de auxílio aos 'grupos terroristas'

1964-04-01

Agostinho Neto, em entrevista à Rádio Moscovo, defende a realização de um congresso de todas as organizações nacionalistas angolanas, para resolução dos diferendos e constituição de uma frente comum contra Portugal

1964-04-01

Utilização, pelo PAIGC, da mina A/P POMZ-2 e do Morteiro 82

1964-04-01

Conferência Internacional dos Sindicatos Livres em Adis Abeba, em que está presente o vice-presidente do GRAE, Kouneika, sendo aprovada uma resolução que condena a política colonial portuguesa

1964-04-01

Comunicado do GRAE sobre a aceitação nas suas fileiras da facção dissidente do MPLA, dirigida por Viriato da Cruz, já separada deste movimento desde Julho de 1963

1964-04-01

Comunicado do MPLA publicado em Brazzaville acerca das divergências entre os dois principais movimentos nacionalistas angolanos e sobre as dificuldades do MPLA com o Governo do Congo-Leopoldville, comprometido com o GRAE

1964-04-01

Crónica do New Statesman sobre a situação em Angola, afirmando que 'os problemas que Angola defronta são profundos e a longo prazo. Os portugueses, isolados da realidade, descuidados da situação, estão a aplicar a sua solução com a ponta das espingardas'

1964-04-01

Crónica do Sunday Star, referindo a luta travada entre Portugal e o Congo através dos apoios ao GRAE e aos ex-gendarmes catangueses para uma nova secessão do Catanga

1964-04-07

Acordo entre Portugal e a França para a instalação de uma base francesa de rastreio de mísseis na ilha das Flores

1964-04-13

lan Smith, primeiro-ministro da Rodésia do Sul

1964-04-15

Declaração do estado de emergência no Norte do Zambeze, em Moçambique, para onde são enviados 2500 militares portugueses

1964-05-01

O PAIGC procura criar condições favoráveis ao seu reconhecimento pela OUA como único partido nacionalista da Guiné através de uma intensa actividade diplomática e de propaganda

1964-05-01

Luta no interior do GRAE entre Holden Roberto e uma facção chefiada por Jonas Savimbi, ministro dos Negócios Estrangeiros

1964-05-01

Assinatura de um tratado entre o Governo português e a Krupp para exploração dos jazigos de ferro de Cassinga, em Angola

1964-05-01

Deliberação do Conselho de Ministros sobre a nomeação do general José Costa Almeida para os cargos de governador-geral e comandante-chefe de Moçambique, em substituição do anterior governador, almirante Sarmento Rodrigues

1964-05-01

Declaração de Mennen Williams, secretário-assistente dos Estados Unidos para os Assuntos Africanos, em Dacar, sobre o apoio do seu país à política de autodeterminação da Guiné Portuguesa

1964-05-01

Dia Internacional do Trabalho realizado na ilha de Zanzibar, com centenas de convidados da África e da Europa, para celebrar a união de Zanzibar e Tanganhica, estando presentes delegados dos grupos de libertação de Angola e de Moçambique

1964-05-08

Nomeação do brigadeiro Arnaldo Schulz governador-geral e comandante-chefe da Guiné

1964-05-25

Sessão comemorativa do Dia da Libertação Africana em Adis Abeba - primeiro aniversário da OUA - tendo os chefes de Estado de vários países africanos afirmado a continuação da ajuda aos movimentos de libertação

1964-05-25

Novo convite do Governo português a U'Thant para visitar Angola e Moçambique

1964-06-01

Reconhecimento oficial do GRAE pela Comissão dos Nove da OUA, reunida em Dar-es-Salam

1964-06-01

Condenação da administração colonial portuguesa durante o 48.º Encontro da OIT em Genebra

1964-06-01

Comentário da BBC sobre a política portuguesa: 'Os portugueses não podem pregar aos quatro ventos que estão a difundir os ideais do cristianismo e a cultura ocidental, se continuam a recusar aos africanos a independência, direito humano fundamental'

1964-06-01

Conferência de imprensa do MPLA, em Brazzaville, presidida pelo seu chefe dos serviços de informação, Aníbal de Meio

1964-06-01

Reestruturação da Frelimo, com distinção dos aparelhos político-administrativo e político-militar, sendo criadas quatro regiões, que se subdividem em comandos regionais

1964-06-03

U'Thant, secretário-geral da ONU, não aceita o convite de Portugal para visitar Angola e Moçambique, 'uma vez que, nas presentes circunstâncias, tal visita não servirá objectivo útil'

1964-06-04

U'Thant declina o convite do Governo português para visitar Angola e Moçambique

1964-07-01

Manuel Lopes da Silva, secretário-geral da FUNG, na Guiné

1964-07-01

Conferência de alto nível de 34 chefes de Estado africanos no Cairo, em cuja ordem do dia se salienta a apreciação do I relatório do Comité de Libertação de África e o exame da situação nas colónias portuguesas

1964-07-01

Interferência do presidente do Congo-Brazzaville na Conferência do Cairo, pondo em causa a decisão tomada pela OUA em favor do GRAE de Holden Roberto, que leva à criação de uma subcomissão para averiguações

1964-07-01

Os movimentos de libertação adaptam a sua propaganda à realidade e visam atingir os militares portugueses, convencendo-os de que a guerra em África lhes é Imposta, devendo os seus esforços voltarem-se contra o Governo português

1964-07-01

Declarações do assistente do secretário de Estado americano para os Assuntos Africanos sobre o desejo de ver Portugal reconhecer publicamente o princípio da autodeterminação, devendo-se encorajar ambas as partes às cedências necessárias a um acordo

1964-07-01

Na Guiné, o PAIGC utiliza a metralhadora pesada Bren (apreendida em 1963) e a metralhadora Borsig

1964-07-06

Aprovação de uma lei pela Câmara dos Lordes britânica concedendo a independência à Niassalândia, que passa a chamar-se Malawi e cujo primeiro presidente é Hastings Banda

1964-07-17

Garantias de apoio do cônsul de Portugal na Rodésia a Ian Smith no caso de declaração unilateral de independência da minoria branca

1964-07-18

Demissão de Jonas Savimbi do GRAE e da FNLA

1964-07-23

Início de uma visita de Américo Tomás a Moçambique

1964-08-01

O MPLA desenvolve uma intensa campanha política a partir do Congo-Brazzaville, tentando aproveitar a crise da FNLA

1964-08-01

A FNLA procura atenuar os efeitos da crise interna motivada pelo abandono de alguns dos seus dirigentes

1964-08-01

Definido o carácter obrigatório da frequência de exercícios de defesa civil para os funcionários públicos de Angola

1964-08-01

O Congo-Leopoldville toma a designação de República Democrática do Congo (RDC)

1964-08-15

Entrada dos primeiros guerrilheiros da Frelimo em Moçambique, vindos da base de Mtwara, na Tanzânia

1964-08-24

Morte do padre Daniel, da missão de Nangololo, no Norte de Moçambique, em consequência de um ataque da guerrilha

1964-09-01

Na Guiné, o PAIGC utiliza o seguinte armamento: metralhadora 7.62 Guryumov m/944 com reparo, carabina Mosin-Nagant, pistola-metralhadora PPSH (chinesa), espingarda Mauser7.9, pistola-metralhadora Thompson 11.4 e minas A/C TM 46

1964-09-14

Morte do guarda auxiliar da PSP Martins, por um grupo de guerrilheiros armados, na zona de Mueda, em Moçambique

1964-09-24

Primeira acção da Frelimo no Niassa, com ataque ao posto administrativo do Cobué

1964-09-25

A França anuncia a entrega a Portugal de oito navios de guerra, como contra partida pela cedência da base das Flores

1964-09-25

Ataque da guerrilha à lancha Castor, da Marinha portuguesa, no lago Niassa

1964-09-25

Início da luta armada em Moçambique, conduzida pela Frelimo, com um ataque a Chai (Cabo Delgado)

1964-10-01

O PAIGC e a FLING, de Henry Labery e Lopes da Silva, efectuam contactos para a sua aproximação

1964-10-01

Primeiras acções armadas do COREMO (Comité Revolucionário de Moçambique), em Tete e Niassa

1964-10-01

Reacção pelo fogo a um reconhecimento efectuado por tropas portuguesas e realização de uma emboscada por parte da Frelimo, o que acontece pela primeira vez

1964-10-05

Início da II Conferência Plenária dos Países Não Alinhados no Cairo, com a presença de Holden Roberto, em cujo comunicado se apela ao apoio material, financeiro e militar aos combatentes da liberdade dos territórios sob domínio português

1964-10-13

Portugal e a África do Sul assinam um conjunto de acordos, um dos quais relativo à utilização do rio Cunene

1964-10-18

Reunião, no Cairo, da subcomissão criada em Julho para análise do problema angolano, com a presença de um delegado do MPLA e a ausência da FNLA, que boicotou os trabalhos da subcomissão

1964-11-01

Ataque a um posto de sentinela em Mutarara, primeira acção da Frelimo na zona de Tete

1964-11-16

Apresentação ao Comité de Libertação da OUA, de um relatório da subcomissão de análise do problema angolano, cujas conclusões apontam para a revisão das decisões anteriores e a atribuição de uma ajuda concreta ao MPLA

1964-11-16

Primeiras baixas sofridas pelas tropas portuguesas no Norte de Moçambique, na região de Xilama, Cabo Delgado

1964-11-22

Suspensão do jornal Diário de Moçambique, da Beira, por publicar o que é considerado como 'uma versão falsa de confrontos militares no Norte de Moçambique'

1964-11-25

Reconhecimento do MPLA pelo Comité de Libertação da OUA

1964-11-30

Nomeação do brigadeiro Emílio Moura dos Santos para o cargo de segundo-comandante da RMM

1964-12-01

Início da constituição das milícias, na Guiné

1964-12-01

O comité dos Nove da OUA anuncia que passa a dar ajuda militar ao MPLA e não unicamente ao GRAE

1964-12-01

Acusação da Rússia a Holden Roberto de ter apoiado Tshombé e de ter ligações aos Estados Unidos, apontando o MPLA como o único movimento representativo do povo angolano

1964-12-01

Na Guiné, o PAIGC utiliza o seguinte armamento: metralhadora ligeira Deglyarev (russa), espingarda automática Kalashnikov7.62 (russa), espingarda automática Simonov7.62 (russa), morteiro 60 e pistola Ceska

1964-12-02

Visita do Papa Paulo VI à Índia, que o governo português considera 'uma afronta gratuita, inútil e injusta contra Portugal'

1964-12-02

O Conselho de Segurança da ONU decide ouvir em audiências os movimentos de libertação de Angola, Guiné e Moçambique

1964-12-09

Independência da Zâmbia (ex-Rodésia do Norte)

1964-12-09

Independência da Tanzânia (ex-Tanganhica)

1964-12-11

Publicação por Jonas Savimbi, em Brazzaville, do Manifesto aos Amigos de Angola, que estará na origem da UNITA

1964-12-13

Início do I Congresso do PAIGC, realizado no interior da Guiné

1964-12-20

Vaga de prisões em Lourenço Marques, estando entre os presos José Craveirinha, Rui Nogar, Luis Bernardo Hnwana e Malangatana Valente

1964-12-21

A Assembleia-Geral da ONU reconhece a legitimidade da luta que os povos sob dominação portuguesa travam para alcançar a sua liberdade e independência

1964-12-31

Declaração de Franco Nogueira sobre o abandono da ONU por parte de Portugal

1964-12-31

No final do ano de 1964, os efectivos portugueses nos três teatros de operações ultrapassaram os 84.000 homens

1965-01-01

Portugal põe em causa a legalidade da constituição do Conselho de Segurança da ONU, pelo que declara não se considerar obrigado por qualquer decisão sua

1965-01-01

Luta decisiva de influência e prestígio entre o MPLA e o GRAE/FNLA pela supremacia política e militar, após a decisão da OUA de passar a ajudar o MPLA e da declaração soviética de apoio a este movimento

1965-01-01

Sétima Sessão do Comité Executivo do Secretariado Permanente de Solidariedade Afro-Asiática, sendo um dos principais objectivos discutir as medidas a tomar para solucionar os problemas de Angola. Moçambique e Guiné

1965-01-01

Declaração da Comissão Central do Conselho Mundial das Igrejas sobre a necessidade de ser apressada a concessão da autodeterminação aos territórios coloniais ainda existentes em África

1965-01-01

Conferência dos ministros dos Negócios Estrangeiros da África oriental (Uganda. Quénia e Tanzânia) que consideram necessário promover uma política comum em relação aos refugiados de Angola. Moçambique e Guiné

1965-01-01

Corte de relações da Indonésia com Portugal

1965-01-02

Abertura da base aérea alemã em Beja

1965-01-07

Primeira emissão de uma emissora de rádio do PAIGC

1965-01-07

Aumento das taxas do imposto de defesa

1965-01-10

Relevo da Jeune Afrique à mudança completa de atitude da OUA relativamente ao problema angolano, passando o MPLA a receber um terço do orçamento anual destinado a Angola

1965-02-01

Referência no jornal Le Monde à prisão de intelectuais hostis à política colonial em Moçambique, facto que tem contribuído para o aumento de tensão social na colónia portuguesa

1965-02-01

Relatório sobre a política colonial de congressistas americanos membros da Comissão de Relações Externas da Câmara dos Representantes, referindo que os programas desenvolvidos por Portugal nas colónias são construtivos e necessários

1965-02-01

Posição do ministro dos Negócios Estrangeiros da Alemanha Ocidental de que só venderia 60 aviões militares de origem canadiana a Portugal na condição de eles serem exclusivamente utilizados na área NATO

1965-02-01

Negociações entre Portugal e a Rodésia sobre um novo tratado de comércio e cooperação em comunicações, imigração e turismo

1965-02-01

Proibição pelo Governo da Zâmbia das actividades dos movimentos nacionalistas fora de Lusaca, interditando a organização de colectas de fundos no seu território

1965-02-13

Assassínio de Humberto Delgado pela PIDE, próximo de Badajoz

1965-02-18

Salazar, referindo-se à política ultramarina portuguesa, designa Paris e Argel como as capitais da subversão contra Portugal, referindo que os portugueses combatem sem espectáculos e sem alianças, 'orgulhosamente sós'

1965-03-01

Aumento das pressões dos líderes negros americanos no sentido de um endurecimento da política americana em relação às posições portuguesas em África

1965-03-01

Entrevista de Luís de Almeida, representante do MPLA em Argel, ao jornal Revolution Africaine, considerando o 4 de Fevereiro de 1961 como data notável na história da emancipação dos povos do mundo

1965-03-01

Continuação da cerrada luta política e diplomática entre o GRAE e o MPLA pela sua afirmação junto dos países africanos

1965-03-01

Visita do rei Hassan ao Cairo, sendo condenada, no comunicado final, a guerra de extermínio em Angola, Moçambique e Guiné, e a recusa de Portugal em conceder aos povos dos territórios africanos a autodeterminação

1965-03-01

Proibição de todas as trocas comerciais com Portugal por parte do Governo tanzaniano

1965-03-01

Seminário Económico Afro-Asiático em Argel, com a presença de delegados de 40 países, constando da plataforma de acção aprovada o fornecimento aos movimentos nacionalistas de ajuda em armas, equipamentos, finanças e formação militar de quadros

1965-03-01

Reunião da Conferência das Organizações Nacionalistas das Colónias Portuguesas (CONCP) em Rabat, com a presença de representantes da Frelimo, MPLA, PAIGC e Comité de São Tomé e Príncipe

1965-03-01

Conversações entre Paulo Guname, da Udenamo, e a Frelimo para a criação de uma frente unida contra os portugueses

1965-03-19

Silva Cunha substitui Peixoto Correia na pasta do Ultramar

1965-04-01

Visita a Pequim de uma delegação da organização feminina do MPLA, chefiada por Lucília Neto

1965-04-01

Inauguração das instalações do escritório do MPLA no Cairo (sétimo em África) por Baya António Miguel, membro do Directório do MPLA

1965-04-01

Entrevista de Amílcar Cabral ao Le Monde, confirmando que pretende preservar as oportunidades de uma futura colaboração com o Estado português não colonialista, não escondendo as actuais dificuldades da luta na Guiné

1965-04-01

Afirmação do apoio da política argelina aos movimentos nacionalistas de Angola, Moçambique e Guiné e aos patriotas que lutam contra o fascismo de Salazar

1965-04-04

Entrevista de Holden Roberto à Jeune Afrique em que se refere à situação em Angola e analisa as suas relações com Tshombé, ex-primeiro-ministro do Congo, defendendo-se das acusações de colaboração

1965-04-26

Promulgação, pelo Governo português, de um novo Código de Investimento Estrangeiro para o 'espaço comum' português

1965-05-01

Ataque do PAIGC ao aquartelamento de Beli, Guiné, durante cerca de três horas, com utilização de morteiros, lança-granadas-foguete e metralhadoras

1965-05-01

Acção das forças portuguesas na região de Morés, Guiné, com captura de diverso material de guerra, incluindo metralhadoras Borsig, Bren e M52, minas A/C TM-46, granadas-foguete, granadas de mão, etc.

1965-05-09

Início da IV Conferência de Solidariedade dos Povos Afro-Asiáticos no Gana, cujo comunicado final apoia expressamente a luta do MPLA, não fazendo referência ao GRAE

1965-05-21

Condenação unânime de Portugal, pelo Conselho de Segurança da ONU, devido a incursões armadas no Senegal

1965-05-21

Assalto à sede da Sociedade Portuguesa de Escritores, na sequência da atribuição do Grande Prémio de Novelística a Luandino Vieira

1965-05-29

Rebentamento do primeiro engenho explosivo em Moçambique, na zona de Nova Coimbra, Niassa

1965-06-01

Conflito entre a diocese da Beira e as autoridades civis por causa da suspensão do seu jornal Diário de Moçambique, depois da publicação de uma pastoral do bispo da Beira, D. Sebastião de Resende

1965-06-01

Ataque do PAIGC a Canjambari, Guiné, desenvolvido em duas fases, com utilização de grande poder de fogo de morteiros, lança-granadas-foguete e armas automáticas

1965-06-01

Tentativa de Alexandre Taty para depor Holden Roberto da chefia da FNLA, através de uma junta militar cujo objectivo seria conseguir a unificação de todos os movimentos angolanos e a reorganização do aparelho militar do ELNA

1965-06-01

Acção das forças portuguesas na região de Tite, Guiné, com destruição de um acampamento e captura de diverso material de guerra, incluindo espingardas Mauser e Mosin-Nagant, pistola-metralhadora M-25, metralhadora Goryunov, etc.

1965-06-01

Aprovação, pela 49.ª Conferência Anual da OIT, de uma resolução final que condena a política de trabalho forçado praticado pelo Governo português nos territórios sob sua administração

1965-06-01

Declaração da delegada dos Estados Unidos na Comissão de Descolonização da ONU reunida em Dar-es-Salam, sobre a autodeterminação dos territórios portugueses de África

1965-06-01

Encontro secreto entre Salazar e Tshombé em Lisboa

1965-06-01

Reunião da Comissão de Descolonização da ONU em Dar-es-Salam que, na resolução final, pede a todos os Estados para darem apoio moral e material a Angola, Moçambique e Guiné, e aos países da NATO para se absterem de fornecer armas e munições a Portugal

1965-06-01

Formação do Comité Revolucionário de Moçambique (Coremo)

1965-06-10

Resolução da Comissão de Descolonização da ONU, em que pela primeira vez se deixa de falar em 'territórios sob administração portuguesa' para se referirem 'territórios sob dominação portuguesa'

1965-06-14

Accionamento, por elementos das forças portuguesas, da primeira mina antipessoal em Moçambique, na zona de Cobué, Niassa

1965-07-02

Início da operação Águia, primeira grande operação realizada pelas forças portuguesas em Moçambique, na zona de Mueda

1965-07-10

Início da reunião do Congresso Mundial da Paz, em Helsínquia, que aprova uma proposta para a realização de uma semana de solidariedade com os combatentes da liberdade das colónias portuguesas

1965-07-20

Início da publicação de um jornal em português em Acra (Gana), ao serviço da luta de libertação das colónias portuguesas

1965-08-01

Primeiros sinais de actividade do MPLA na zona leste de Angola, em acções de propaganda e recrutamento

1965-08-01

Nomeação do brigadeiro Francisco da Costa Gomes para o cargo de segundo-comandante da Região Militar de Moçambique

1965-08-01

Corte de relações diplomáticas e comerciais do Congo-Brazzaville com Portugal

1965-08-01

Dissolução, pelo Governo-Geral, do Centro Associativo dos Negros de Moçambique por se considerar que a associação perturbava a 'ordem política e social'

1965-08-01

Aumento da actividade militar do ELNA nas regiões fronteiriças de Angola

1965-08-01

Visita de uma missão militar da OUA às regiões controladas pelo PAIGC

1965-08-01

Apelo a favor dos intelectuais presos em Moçambique, feito pela Associação Internacional para a Amnistia, em Londres

1965-09-01

Nomeação do general Moura dos Santos para o cargo de comandante da RMM, em substituição do general Carrasco

1965-09-03

Encerramento, pela PIDE, da Casa dos Estudantes do Império, em Lisboa

1965-09-15

Arnaldo Schulz, de visita a Lisboa, afirma que 'a Guiné jamais deixará de ser portuguesa'

1965-10-01

Reconhecimento, pela OUA, do PAIGC como legítimo representante do povo da Guiné-Bissau

1965-10-01

Proposta, feita pelos candidatos da oposição, de um amplo debate nacional sobre a conveniência da actual política em relação ao ultramar

1965-10-03

Início da reunião da CONCP em Dar-es-Salam, com a afirmação da necessidade de coordenação político-militar entre os movimentos nacionalistas. Estiveram presentes Mondlane, Uria Simango e Marcelino dos Santos (Frelimo) Amílcar Cabral, Vasco Cabral e José E

1965-10-04

Discurso do Papa Paulo VI na Assembleia-Geral das Nações Unidas com elogio da ONU e da sua dimensão universal

1965-10-10

Accionamento da primeira mina anti-carro por forças portuguesas em Moçambique, na zona do Sagal, Mueda

1965-10-21

Início da reunião de alto nível da OUA, em Acra, que pediu aos movimentos de libertação dos territórios sob administração portuguesa a intensificação da luta

1965-11-01

Frequência de um curso na China por parte de Savimbi e outros dissidentes da FNLA

1965-11-01

Convocação, pelo exército português em Moçambique, dos oficiais milicianos dos cursos de 1957 a 1962

1965-11-01

Expulsão de Portugal da Organização Interafricana do Café, durante a assembleia-geral realizada em Paris

1965-11-03

Moção do Conselho de Segurança da ONU, pedindo a todos os Estados para não prestarem assistência a Portugal 'que lhe permita continuar a repressão' contra a população dos territórios africanos, em especial armas e equipamento militar

1965-11-11

Proclamação da independência da Rodésia por Ian Smith, com apoio da minoria branca

1965-11-23

Resolução do Conselho de Segurança da ONU sobre o imediato reconhecimento do direito dos povos dos territórios sob administração portuguesa à autodeterminação e independência, referindo que a política portuguesa 'perturba seriamente' a paz e a segurança i

1965-12-01

Contrato do Governo português com a Petrangol, para pesquisa de petróleo bruto em Angola

1965-12-12

Aprovação de uma resolução da Assembleia-Geral da ONU em que, pela primeira vez, é reconhecida a 'legitimidade da luta que os povos sob dominação colonial travam para exercer o seu direito à autodeterminação'

1965-12-14

Nomeação do general Soares Pereira para o cargo de comandante-chefe de Angola

1965-12-17

Embargo ao comércio com a Rodésia decretado pela Grã-Bretanha

1966-01-01

Início do bloqueio do porto da Beira pela Armada britânica, para impedir o fornecimento de petróleo à Rodésia

1966-01-03

Início de uma reunião da Conferência de Solidariedade Tricontinental, em Havana, com cerca de 500 delegados que adoptam uma linha dura contra o colonialismo, sendo criada a Organização de Solidariedade dos Povos da Ásia, África e América Latina

1966-01-21

Reunião dos ministros africanos do Trabalho no Gana que pedem a expulsão de Portugal do OIT

1966-01-25

Resolução da Assembleia-Geral da ONU que recomenda a aplicação de um embargo ou bloqueio a Portugal, proibindo o trânsito de aviões e navios e o comércio com Portugal

1966-02-01

Armamento utilizado pelo PAIGC: espingarda Lee-Enfield Mark III 7.7, espingarda Mauser7.9 m/1948, espingarda automática Browning m/1918, espingarda Mas m/1936 (França), mina A/P PMA-1, pistola-metralhadora Beretta (Itália), pistola-metralhadora Thompson (

1966-02-23

Remodelação do Comité Director do MPLA, donde saem Mário de Andrade e Manuel Lima, que chefiava o Departamento da Guerra

1966-03-01

Intensificação do esforço do MPLA de penetração na área de Songololo

1966-03-01

Visita a Mascava de uma representação da CONCP chefiada por Vítor Maria, acompanhado de Luís de Andrade, Amílcar Cabral e Marcelino dos Santos

1966-03-01

Encerramento, em Luanda, da Sociedade Cultural de Angola

1966-03-15

Fundação da UNITA (União Nacional para a Independência Total de Angola), chefiada por Jonas Savimbi

1966-03-18

Abertura da frente leste de Angola, por parte do MPLA, com uma acção no Moxico

1966-03-21

Celebração de um protocolo entre o Senegal e o PAIGC que estabelecia as modalidades de cooperação entre as respectivas autoridades

1966-03-31

Início de uma reunião de chefes de Estado e de Governo da África Central e Ocidental em Nairobi, em cujo comunicado final se inclui uma referência aos esforços a favor da libertação dos territórios portugueses

1966-04-01

Encontros entre Ian Smith, Jorge Jardim e o embaixador Freitas Cruz sobre a questão do bloqueio ao porto da Beira

1966-04-01

Instalação de dispositivos militares de defesa do porto e aeroporto da Beira, Moçambique

1966-04-01

Legislação do Governo português para travar a emigração clandestina

1966-05-01

Conjura de oficiais contra o chefe de Estado-Maior do ELNA, Miguel Pedro Vita, na base de Kinkusu

1966-05-01

Primeiro recontro entre tropas portuguesas e guerrilheiros do MPLA na Zona de Intervenção leste, em Angola

1966-05-01

Criação das Tropas Especiais (TE's) em Angola

1966-05-05

Início de um congresso da Internacional Socialista, em Estocolmo, com a presença da Frelimo como 'convidado fraternal', e em que se reafirma a condenação do colonialismo e se manifesta particular preocupação pela situação em Angola, Moçambique e Guiné

1966-05-11

Chegada a Lourenço Marques de um contingente de 5000 militares, o maior desde o início dos combates em Moçambique

1966-05-18

Apresentação de uma proposta da URSS na Comissão de Descolonização da ONU para conhecimento das medidas tomadas sobre a suspensão da assistência técnica a Portugal por causa da sua política colonial, com a presença de Mário de Andrade e Amílcar Cabral

1966-05-18

XIX Assembleia da OMS, em Genebra, em que é aprovada uma resolução que afasta Portugal da sua Comissão Regional para a África e suspende a assistência técnica ao Governo de Lisboa

1966-05-29

Sanções do Conselho de Segurança contra a Rodésia

1966-05-29

Criação do Vicariato Castrense Português, com um corpo de capelães e um bispo

1966-06-11

Queixa do Congo-Brazzaville junto do Conselho de Segurança em virtude do bombardeamento de aldeias congolesas pela aviação portuguesa

1966-06-18

A Comissão de Descolonização da ONU ouve, em Argel, depoimentos de desertores portugueses acerca das guerras coloniais

1966-06-30

Leopoldville passa a chamar-se Kinshasa

1966-07-23

Motim de mercenários e de ex-gendarmes catangueses no Congo-Kinshasa

1966-08-01

Aumento dos impostos decretado pelo Governo português entre 7 e 27 por cento para fazer face às despesas militares

1966-08-27

Reunião da CONCP em Brazzaville, com a presença de Agostinho Neto, Amílcar Cabral e Marcelino dos Santos, decidindo-se uma mais estreita colaboração com a FPLN da Argélia e maior coordenação entre os movimentos de libertação das colónias portuguesas

1966-09-01

Armamento dos movimentos nacionalistas de Angola: canhão S/R75. morteiro 81, LG P-27, metralhadora MG, metralhadora Browning, mina A/C MK, mina A/P POMZ, pistola-metralhadora Thompson, espingarda Mauser

1966-09-01

Conferência geral da UNESCO, em Paris, com a presença de 109 delegados, que decidem a exclusão de Portugal dos trabalhos da organização

1966-09-01

Aumento da hostilidade contra Portugal no Congo Kinshasa, com ataque à Embaixada e apresentação de queixa na ONU por causa do apoio português a adeptos de Tshombé em Angola

1966-09-01

Eleição de Amílcar Cabral como presidente da CONCP

1966-09-01

Atribuição do 2.ºprémio do Festival de Veneza para filmes-documentários à produção Levanta-te Negro de Piero Nelly, sobre as actividades do PAIGC na Guiné Portuguesa

1966-09-24

Assalto à Embaixada portuguesa em Kinshasa com sequestro do embaixador

1966-10-01

Armamento dos movimentos nacionalistas de Angola: espingarda automática Kalashnikov, pistola-metralhadora PPSH, minas A/C TMA-1, espingarda semi-automática Simonov

1966-10-01

Assinalada pelos comandos portugueses, a presença de cubanos e material proveniente de Cuba, na Guiné

1966-10-06

Corte de relações do Governo de Kinshasa com Portugal e apresentação de queixa à ONU por causa das bases de mercenários catangueses em Angola

1966-10-14

Difusão das normas a observar pela Direcção dos Serviços de Censura em especial sobre as noticias que visem a 'política adoptada quanto ao Ultramar Português'

1966-10-14

Resolução do Conselho de Segurança da ONU que convida o governo português a não permitir em Angola a acção de mercenários nem estabelecimento de bases contra o governo do Congo-Kinshasa

1966-10-15

Abstenção de Portugal na ONU na criação do Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial

1966-10-20

Criação do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas n.º 12 (BCP 12), na Guiné

1966-10-26

Nomeação do tenente-coronel Rebocho Vaz para o cargo de governador-geral de Angola, em substituição de Silvério Marques

1966-11-01

Reunião da OUA em Adis Abeba, que aprovou uma resolução sobre a manutenção e apoio à luta de libertação em Angola

1966-11-01

Personalidades da oposição pedem a Américo Tomás a demissão de Salazar

1966-11-09

Criação do Batalhão de Caçadores Pára-Quedistas n.º 11 (BCP 11), em Moçambique (Nacala)

1966-11-13

Condenação pelo Conselho de Segurança da ONU, da aliança entre os governos da África do Sul, Portugal e a Rodésia, conhecida por 'aliança celerada'

1966-11-17

Aprovação de uma resolução da Assembleia-Geral da ONU condenando a guerra colonial conduzida por Portugal, que constituía 'um crime contra a humanidade e uma ameaça grave à paz e à segurança internacionais'

1966-12-01

Confirmação, pelas autoridades portuguesas, da primeira utilização de meios rádio pelo PAIGC

1966-12-01

Aprovação de nova Lei do Serviço Militar

1966-12-01

Autorização do bloqueio ao porto da Beira pelo Conselho de Segurança da ONU, como sanção ao Governo de Ian Smith

1966-12-01

Declarações de Holden Roberto em Acra, em que afirma pela primeira vez que o GRAE estava disponível para conversações com o Governo português a fim de 'solucionar pacificamente o problema da independência de Angola'

1966-12-01

Partida de Rebocho Vaz, novo governador-geral de Angola, para Luanda, afirmando que a guerra 'está praticamente ganha'

1966-12-01

Resolução da Assembleia-Geral da ONU que classifica a política portuguesa com um crime contra a humanidade

1966-12-04

Primeira acção da UNITA, com um ataque a Cassamba, no Leste de Angola

1966-12-15

Fecho da fronteira de Angola com o Zaire por parte do Governo português e suspensão da actividade do caminho de ferro de Benguela

1966-12-25

Ataque a Teixeira de Sousa, no Leste de Angola, por parte da UNITA

1966-12-28

Capturado ao PAIGC um emissor-receptor P-104M (soviético)

1967-01-01

Entrevista de Mário de Andrade ao jornal Afrique Nouvelle, em Dacar, com referências à actividade da CONCP e à situação das várias frentes e das relações dos movimentos com os países africanos

1967-01-26

Apresentação da peça teatral de Peter Weiss, em Estocolmo, Canção da Máscara Simbólica, ataque frontal e com grandes repercussões, à política colonial portuguesa

1967-02-01

Continuação dos esforços da OUA para levar o GRAE e o MPLA à formação de uma frente única, sem resultados

1967-02-01

Distribuição no terreno do jornal Passa Palavra por parte do MPLA, tentando agir psicologicamente sobre os soldados portugueses

1967-02-01

Visita a Luanda de uma delegação da Armada brasileira, acto que recebeu muitas críticas da imprensa e da opinião pública do Brasil

1967-02-10

Utilização, pela primeira vez, por parte do PAIGC, de cocktails Molotov em operações

1967-02-23

Inauguração do Comando Ibero-Atlântico (Iberlant) da NATO em Oeiras

1967-03-01

Acções do MPLA sobre a linha férrea de Benguela, no Leste de Angola, impedindo completamente o tráfego ferroviário

1967-03-01

Programação da Rádio Tanzânia com emissões em português, de apoio à Frelimo

1967-03-01

Reportagem de Virgílio de Lemos num jornal norueguês de Oslo sobre a 'Acção de guerrilha em três frentes em Angola', onde constata que nenhum dos três movimentos conseguiu uma sólida organização e que o território poderá proclamar uma independência branca

1967-03-01

Aperfeiçoamento das técnicas de acção psicológica, por parte da UPA, com diferenciação dos grupos humanos a influenciar

1967-03-01

Crescimento da posição crítica dos países escandinavos à política colonial portuguesa, reflectida nos órgãos de comunicação social

1967-03-01

Documento da oposição assinado por 55 membros da Acção Democrática e Social e enviado ao Presidente da República, onde se declara que a política do Governo conduziu ao isolamento de Portugal e se pede a ampla discussão dos problemas ultramarinos

1967-03-01

Condenação dos países que cooperam com a África do Sul, Rodésia e Portugal, pela Comissão dos Direitos do Homem da ONU

1967-03-12

Exposição do governo do distrito de Cabo Delgado sobre as campanhas psicológicas para recuperar militantes, combatentes e simpatizantes ou aderentes

1967-03-31

Editorial do Jornal do Brasil, reflectindo a posição oficiosa do governo brasileiro, e pedindo a Portugal que acene para as colónias africanas com uma esperança de independência, para poder abrir as portas a uma futura comunidade com raízes lusitanas

1967-04-01

Encerramento, pela PIDE, da cooperativa católica Pragma

1967-04-01

O Hospital Militar de Hamburgo recebe 88 mutilados de guerra Portugueses

1967-04-01

taque do PAIGC ao quartel de Encheia com grande potencial de fogo, causando cinco mortos e oito feridos às tropas portuguesas

1967-04-01

Artigo do jornal Horoya, publicado na Guiné-Conacri sobre 'Uma consciência política sólida na base de uma economia florescente na zona libertada', onde se referiam as actividades económicas nas zonas do PAIGC

1967-04-23

Realização de uma conferência de solidariedade com os povos das colónias portuguesas, por delegações de jovens de 64 países, em Conacri

1967-05-01

A Comissão de Descolonização da ONU, depois de visitar vários países da África e do Médio-Oriente, decidiu reunir-se em Lusaca para tratar especificamente dos problemas dos territórios sob administração portuguesa

1967-05-01

Alargamento da actividade da UNITA na zona leste de Angola, em direcção ao Bié

1967-05-01

A Frente de Libertação de Cabinda reivindica um diálogo construtivo com Portugal sobre a transferência de poderes para a população de Cabinda, sem interferências dos movimentos angolanos

1967-05-01

Acordos de cooperação entre Portugal e o Malawi, visando em especial o caminho-de-ferro do Zambeze e a construção da linha de ligação a Nacala

1967-05-03

General Fernando Oliveira, secretário de Estado de Aeronáutica

1967-05-13

Visita do Papa Paulo VI a Fátima

1967-05-17

Assalto, por um comando da LUAR, à delegação do Banco de Portugal na Figueira da Foz

1967-06-01

Chegada da comissão militar da OUA a Kinshasa, para um inquérito à actividade militar do MPLA e da FNLA/GRAE

1967-06-18

Artigo de José Gonçalves na Jeune Afrique 'Os brancos querem a independência', referindo os contactos que grupos de colonos angolanos teriam estabelecido com Salisbúria e Pretória para a concretização de um plano de independência

1967-07-01

Na 51.ªConferência Internacional do Trabalho da OIT, a Comissão de Verificação de Poderes decidiu incluir Portugal na lista especial dos países que não respeitam as convenções da organização

1967-07-01

Protesto da FPLN pela presença da delegação oficial portuguesa na 51.ª Conferência Internacional do Trabalho da OIT

1967-07-01

Reunião em Ponta Negra de dirigentes do MPLA, para planeamento e alargamento das acções em Cabinda

1967-07-01

Nova carta da Acção Democrática e Social ao presidente da República pedindo a cessação imediata da guerra colonial em África e a concessão da autonomia aos povos das colónias

1967-07-14

Início do II Congresso das Comunidades de Cultura Portuguesa na ilha de Moçambique

1967-07-17

Primeira emissão da Rádio Libertação, emissora do PAIGC em Conacri, com programas em português e crioulo

1967-07-29

Noticiada a construção da barragem de Cahora Bassa, em Moçambique

1967-08-01

Publicação, em Argel, de um volume contendo o conjunto das deliberações tomadas pela CONCP na sua reunião de Dar-es-Salam, em Outubro de 1965

1967-09-01

Emissão da Rádio Libertação do PAIGC com uma exortação ao soldado português, incitando-o à resistência e à revolta

1967-09-01

Reunião de alto nível da OUA, em Kinshasa, que decide criar uma comissão de peritos militares para auxílio aos movimentos de libertação e conceder o estatuto de observadores aos movimentos reconhecidos pela organização

1967-09-01

Declaração do ministro dos Negócios Estrangeiros da Grã-Bretanha na ONU, afirmando que o Governo de Londres apoia persistentemente o princípio da autodeterminação em relação aos territórios portugueses

1967-09-01

Início dos contactos da PIDE com sectores da oposição ao regime da Guiné-Conacri

1967-09-10

Início das operações regulares da Frelimo na província de Tete

1967-09-22

Violentos e sucessivos ataques efectuados pela Frelimo à base militar de Mueda, no Norte de Moçambique

1967-10-01

Abate de um avião T-6, com morte do piloto, por acção de metralhadoras antiaéreas, pela Frelimo, na zona de Révia, Sector E

1967-10-01

Acção de elementos dos movimentos de libertação na zona de Lutembo, na ZIL, Angola

1967-10-01

Apresamento, em Lagos, na Nigéria, de um carregamento de armas destinadas ao Biafra, proveniente de Lisboa

1967-10-01

Publicação do Manifesto pela Oposição Democrática exigindo para o Ultramar uma solução política

1967-11-01

Condenação de Portugal no Conselho de Segurança da ONU por permitir o trânsito, por Angola, de mercenários para o Zaire

1967-11-01

Ataque da UNITA ao aquartelamento do Alto Cuíto, na ZIL, durante cerca de três horas

1967-11-01

Nino Vieira, dirigente do PAIGC que actuava na área de Catió, passou a responsável pela área de Madina do Boé

1967-11-01

O Governo do Congo-Kinshasa selou o edifício da Embaixada de Portugal

1967-11-01

Celebrações do 50.º aniversário da União Soviética, com a presença de Agostinho Neto e Domingos Silva, presidente e vice-presidente do MPLA

1967-11-01

Concessão de 100 bolsas de estudo aos movimentos de libertação de Angola pelo Alto Comissariado da ONU para, os Refugiados

1967-11-01

Início das emissões de informação geral dirigidas aos combatentes da II Região Militar, pela rádio Angola Combatente do MPLA

1967-11-08

O exército do Congo-Kinshasa desaloja os mercenários que ocupavam a cidade de Bukavu e que se refugiam em Angola

1967-11-24

Despacho conjunto do governador-geral de Angola e do comandante-chefe sobre a criação dos conselhos de contra-subversão em todo o território

1967-12-01

Grande operação das forças portuguesas a norte de Bigene, com apreensão de variado material de guerra

1967-12-01

Utilização, pela primeira vez, de granadas de fumo, pelo PAIGC, na zona de Poindom, entre Xime e Bambadinca

1967-12-01

Aprovação de uma resolução da Assembleia-Geral da ONU, condenando a exploração de territórios coloniais por interesses financeiros e económicos que impedem os processos de descolonização

1967-12-01

Reunião do Bureau Político do PAIGC, em que se decide reorganizar as FARP, donde é excluída a milícia popular, contando apenas com os grupos de guerrilha e o exército popular. É criado o Comando da Frente Leste

1967-12-01

Sabotagem do caminho de ferro de Benguela por elementos dos movimentos de libertação a Oeste de Silva Porto, numa zona atingida pela primeira vez

1967-12-02

Inauguração do campo militar de Zinguinchor, no Senegal, utilizado pelo PAIGC

1967-12-11

Despacho do ministro do Ultramar que considera os ex-gendarmes do Catanga como refugiados

1967-12-28

Carta da Acção Democrática Social ao Chefe de Estado denunciando os 40 anos de um regime ditatorial e a guerra do Ultramar

1968-01-01

Ataque da Frelimo ao posto de Mitumba, Cabo Delgado, causando cinco mortos e capturando material

1968-01-01

Emboscada do ELNA próximo de Balacende, no Sector D, com utilização de granadas incendiárias

1968-01-03

Conferência de imprensa de Agostinho Neto em Brazzaville, comunicando que o MPLA se prepara para transferir a sua sede para o território angolano

1968-02-01

Suspensão do Diário de Moçambique, Beira, por 30 dias, por ter publicado um artigo não submetido à censura

1968-02-02

Visita de Américo Tomás a Cabo Verde e Guiné

1968-02-19

Ataque do PAIGC ao aeroporto de Bissau, comandado por André Gomes

1968-03-01

Grupo da Frelimo atinge dois aviões T-6 na pista de Mueda, Moçambique

1968-03-01

Declarações de Eduardo Mondlane no Comité Especial da ONU, afirmando que a Frelimo tudo fará para impedir o programa do vale do Zambeze

1968-03-01

Emboscada da Frelimo a uma coluna militar portuguesa, em Cabo Delgado, causando quatro mortos e sete feridos

1968-03-01

Luís Cabral, secretário-geral da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné, membro do Bureau Político do PAIGC

1968-03-15

Entrega à Cruz Vermelha Senegalesa, pelo PAIGC, de três militares portugueses feitos prisioneiros, com declarações de Amílcar Cabral sobre a disposição do PAIGC de parar o combate com a condição do reconhecimento do direito à independência da Guiné

1968-03-27

Apreensão de um avião da Guiné-Conacri, que aterrou em Bissau, vindo a ser proposta a sua troca por cinco prisioneiros portugueses em posse do PAIGC

1968-03-30

Criação em Angola das 'áreas militares', nas quais a autoridade civil é substituída pela militar

1968-04-01

Ataque a uma coluna portuguesa por um grupo do PAIGC no itinerário Gadamael-Gandembel, por repetidas vezes, com metralhadoras pesadas, lança-granadas-foguete, morteiros, armas automáticas e rebentamento de fornilhos

1968-04-01

Golpe de mão das forças portuguesas a uma base da Frelimo, no Niassa, com captura de quatro elementos do movimento, vário material de guerra e a descoberta de grandes áreas cultivadas nas encostas do monte Cassero e de habitações nas ilhas do rio Lugenda

1968-04-01

Criação de um novo partido político ligado à UPA e chefiado por Zeferino Guimbe, Frente de Libertação Nacional de Cabinda e Angola

1968-04-01

Declarações do representante do GRAE em Dilolo, afirmando ter sido constituída uma comissão de nacionalistas angolanos para tentar obter pacificamente a independência

1968-04-01

Proibição, pela PIDE, da realização em Luanda dos I Colóquios Sociais de Angola

1968-04-04

Directiva do Comando Militar de Angola sobre a organização e funcionamento dos campos de refugiados catangueses, definindo a sua missão, com vista à sua utilização em acções de contraguerrilha, passando a designar-se por 'Fiéis'

1968-04-06

Ataque do PAIGC ao quartel de Cantacunda, Canjambari, causando um morto e fazendo 11 prisioneiros

1968-04-14

Morte em combate, em Caripande, de Mendes de Carvalho ('Hojienda'), do MPLA, que depois será considerado herói da libertação e o dia da sua morte consagrado à juventude

1968-05-01

Acção das forças portuguesas contra uma importante base da Frelimo em Cabo Delgado, a noroeste de Miteda

1968-05-01

Flagelação de Gandembel, no Sul da Guiné, pelo PAIGC, por várias vezes consecutivas, com canhões S/R, metralhadoras pesadas, lança-granadas-foguete e morteiros

1968-05-02

Nomeação de António de Spínola para os cargos de governador-geral e comandante-chefe da Guiné

1968-05-18

Início do movimento de expansão do MPLA do Leste para a zona de Malanje, com vista à instalação da IV Região Militar, operação inicialmente comandada por Petrof, depois substituído por Iko Carreira, através das operações Fura-Terra e Fura-Mata

1968-05-19

Primeiras acções militares da UPA no Leste de Angola, na fronteira de Teixeira de Sousa

1968-05-20

Posse do brigadeiro António de Spínola dos cargos de governador-geral e comandante-chefe da Guiné

1968-06-01

Visita de Silva Pais, director-geral da PIDE, a Angola para supervisionar a formação dos Flechas

1968-06-01

Destruição, pelas forças portuguesas, da base da Frelimo Novo Vietname, no Sector de Marrupa, Niassa

1968-06-08

Directiva do Comando-Chefe da Guiné para a transferência da unidade estacionada em Madina do Boé

1968-06-14

Nomeação de Baltasar Rebelo de Sousa para o cargo de governador-geral de Moçambique

1968-06-18

Aprisionamento de um sargento e sete soldados portugueses pelo PAIGC, na Guiné

1968-06-19

Directiva do Comando-Chefe da Guiné sobre a defesa da ilha de Bissau

1968-06-26

Aprisionamento, pelas autoridades do Congo-Kinshasa, de um sargento e 12 soldados no interior daquele país

1968-07-01

Reconhecimento do MPLA, em detrimento do GRAE, pelo Comité da OUA, reunido em Argel

1968-07-01

Acção das forças portuguesas na região de Lumeje, Angola, com destruição de dois acampamentos

1968-07-01

Anúncio, pela UNITA, de ter transferido a sua sede para o interior de Angola

1968-07-01

Acusação do Congo-Kinshasa a Portugal de violação do seu território por tropas portuguesas

1968-07-01

Reconhecimento do MPLA pela OUA como única organização nacionalista de Angola, cessando o apoio à FNLA e ao GRAE

1968-07-01

Realização do II Congresso da Frelimo, na região do Niassa, que leva à abertura da frente de Tete e ao apoio a Mondlane como seu dirigente contra uma facção ligada a Kavandame, que esteve ausente

1968-07-01

Acção das forças portuguesas helitransportadas a sueste de Mavinga, Moçambique, com destruição de duas bases da Frelimo

1968-07-09

Ataque da Frelimo à base da Mueda

1968-07-09

Entrada em funcionamento do Centro de Alcoitão para mutilados de guerra

1968-07-10

Adjudicação provisória pelo Governo português da barragem de Cahora Bassa, em Moçambique, ao consórcio Zamco, liderado pela África do Sul

1968-07-11

Entrada em vigor da nova Lei do Serviço Militar

1968-07-15

Directiva do Comando-Chefe da Guiné sobre a remodelação do dispositivo

1968-08-01

Primeira utilização, pelo PAIGC, do morteiro de 120 mm, em Gandembel

1968-08-13

Informação da ONU sobre refugiados, havendo 300 000 de Angola no Congo-Kinshasa, 61 000 da Guiné no Senegal e 122 000 de Moçambique na Zâmbia e Tanzânia

1968-08-16

Venâncio Deslandes nomeado chefe de Estado-Maior-General das Forças Armadas

1968-08-19

Bettencourt Rodrigues substitui Luz Cunha no Ministério do Exército e Manuel Pereira Crespo rende Quintanilha Mendonça Dias na pasta da Marinha

1968-09-01

Realização de uma conferência regional da III Região Militar do MPLA, no Moxico, com a presença de Agostinho Neto e de vários jornalistas

1968-09-01

Flagelação de Gandembel por forças do PAIGC com grande poder de fogo e centenas de rebentamentos, com destaque para a utilização de canhões sem recuo e morteiros 120 e 82

1968-09-01

Ataque do PAIGC ao quartel de Sare Banda, no Sector Leste da Guiné, durante 90 minutos, com grande poder de fogo, causando dois mortos e três feridos graves

1968-09-07

Revelação pública de um acidente de Salazar, com irrecuperáveis lesões cerebrais

1968-09-26

Anúncio, por Américo Tomás, da substituição de Salazar por Marcelo Caetano

1968-09-27

Governo de Marcelo Caetano, com Sá Viana Rebelo na Defesa Nacional, Bettencourt Rodrigues no Exército, Franco Nogueira nos Negócios Estrangeiros e Silva Cunha no Ultramar

1968-09-30

Directiva do Comando-Chefe da Guiné para o reordenamento de populações e sua organização em autodefesa

1968-10-01

Spínola, em documento oficial sobre o problema militar da Guiné, declara: 'Não hesitamos em considerar como uma triste realidade a situação que hoje se vive na Guiné, situação que abrange (...) o aspecto económico-social e o aspecto militar'

1968-10-01

Operação Exarco na ZML em Angola, com o objectivo de destruir o quartel-general da III Região Militar do MPLA, situada no Dengue, Moxico

1968-10-01

Decisão do Senegal de dificultar a permanência de elementos do PAIGC no seu território

1968-10-01

Reunião de alto nível do MPLA, cuja principal decisão foi o reinício das suas actividades militares em Cabinda

1968-10-01

Decisões da última reunião do Comité Central da Frelimo: criação de um Alto Comando Militar, de um Comité Disciplinar e de um Tribunal Militar, configurando as primeiras medidas de um exército regular

1968-10-01

Reacção de forças portuguesas a uma acção da Frelimo em Cabo Delgado, Macomia, levando à apreensão de vário material de guerra, entre o qual espingardas Kalashnikov, Simonov, lança-granadas-foguete e granadas de mão

1968-11-01

Condenação, pela ONU, da política colonial portuguesa

1968-11-10

Mário Soares é autorizado a regressar de São Tomé

1968-11-10

Resolução do Conselho de Segurança da ONU condenando Portugal por incursões militares em território do Zaire

1968-11-27

Discurso de Marcelo Caetano na Assembleia da República, onde declara que 'a liberdade e a independência dos países da Europa ocidental joga-se não só na própria Europa, como em África'

1968-11-29

Aprovação de uma resolução da Assembleia-Geral da ONU de tom moderado contra a política colonial portuguesa

1968-12-01

Início da deslocação de populações da área destinada à construção da barragem de Cahora Bassa

1968-12-01

Anúncio, pelo Governo sueco, da concessão de ajuda aos movimentos nacionalistas das colónias portuguesas

1968-12-01

Início da exploração de petróleo em Cabinda pela Gulf Oil

1968-12-08

Início, em Paris, de conversações com vista ao cessar-fogo no Vietname

1968-12-16

Divulgação de um manifesto dos socialistas portugueses, denunciando a guerra em três frentes, sem solução militar

1968-12-28

Directiva do Comando-Chefe da Guiné sobre operações psicológicas e estabelecimento do slogan 'Uma Guiné Melhor'

1969-01-01

Infiltrações de pessoal e material da Frelimo em direcção à Zambézia, com intenção da abertura desta frente

1969-01-01

Visita de John Stockwell, oficial da CIA colocado no Congo-Kinshasa, a bases da FNLA em Angola

1969-01-01

Assinatura de um acordo entre Portugal e a África do Sul para aproveitamento dos recursos hídricos da bacia do Cunene

1969-01-01

Realização de uma Conferência Internacional de Solidariedade para com os povos das colónias portuguesas e da África austral, em Cartum

1969-01-01

Ataque de forças nacionalistas ao caminho de ferro de Benguela, na região de Cafungo, Moxico, de que resultaram 15 trabalhadores mortos

1969-01-01

Acção de grande envergadura de forças portuguesas helitransportadas em Luatxe, Moxico, Zona Militar Leste, sobre um acampamento do ELNA

1969-01-01

Emboscada da Frelimo ao caminho de ferro do Niassa, próximo de Catur, utilizando armas automáticas e lança-granadas-foguete

1969-01-01

Operação conjunta das forças portuguesas na zona de Bigene, Guiné, com assinaláveis resultados

1969-01-01

Plataforma política da FPLN, que inclui a abertura imediata de negociações para pôr fim às três guerras coloniais

1969-01-01

Vigília de contestação ao regime por mais de 150 católicos, na Igreja de São Domingos, em Lisboa

1969-01-17

Grande emboscada da FNLA no itinerário Toto-Vila Loge, com 17 mortos, oito feridos e dois desaparecidos das forças portuguesas e apreensão de 17 espingardas FN, um emissor/receptor AN/PRC-9 e outro material

1969-01-18

Início da Conferência de Cartum, que leva à constituição do Comité de Mobilização e Apoio aos Povos das Colónias Portuguesas

1969-02-01

Acção das forças portuguesas na região a este de Bigene, com captura de grande quantidade de material constituído por canhão s/r, morteiro 82, metralhadoras pesadas e ligeiras, lança-granadas-foguete, espingardas automáticas e de repetição, minas e muniçõ

1969-02-01

Flagelação de Guilege por parte do PAIGC, com utilização de canhões S/R e morteiros, colocando cerca de 200 rebentamentos no interior do quartel e causando dois mortos

1969-02-01

Estabelecimento de uma ponte aérea, em São Tomé, para auxílio dos separatistas do Biafra

1969-02-01

Plano de Paz de Leopold Senghor para a Guiné, propondo a independência no quadro de uma comunidade luso-africana

1969-02-01

Acção de forças nacionalistas de Angola no itinerário Binda-Camabatela, causando às forças portuguesas cinco mortos e 13 feridos graves, com apreensão de quatro espingardas G-3

1969-02-03

Assassínio de Eduardo Mondlane, líder da Frelimo

1969-02-08

Evacuação de Madina do Boé pelas forças portuguesas aí estacionadas, durante a qual se registou um grave acidente na travessia do rio Corubal, com a morte de 47 militares

1969-02-09

Após a retirada da guarnição portuguesa, o PAIGC ocupa Madina do Boé, no Leste da Guiné

1969-02-09

Ataque do PAIGC ao quartel de Cambaju, com utilização de variado armamento, durante cerca de duas horas, causando vários mortos e feridos e entrando no perímetro defensivo

1969-02-11

Visita do ministro da Defesa a Angola, Moçambique e África do Sul

1969-02-26

Ataque do PAIGC a duas lanchas no rio Buba, sendo a acção dirigida por Mário de Sousa Delgado e Mamadu Indjai

1969-03-01

Autorização de despesas, a contrair pelo Governo português, até ao montante de dois milhões de contos, para reequipamento extraordinário do Exército e da Força Aérea

1969-03-01

Reactivação da guerrilha no 'chão' balanta, nos sectores de Mansoa e Bula

1969-03-05

Dissolução da FUNG, após uma reunião em Zinguinchor, Senegal, presidida por Pinto Bull

1969-03-06

Início da Operação Vulcano, no Sul da Guiné, Quitafine/Cassebache, em que forças pára-quedistas tentam assaltar posições de artilharia do PAIGC, demonstrando este, pela primeira vez, capacidade para se manter no terreno, numa defesa a todo o custo

1969-03-07

Utilização, pelo PAIGC, no Sector Sul, de uma metralhadora pesada antiaérea quádrupla 14,5 e seis simples de 12,7, atingindo dois Fiats G-91 e um DO-27

1969-03-21

Visita do ministro da Defesa da África do Sul, Piter Botha, a Portugal

1969-03-27

General José Pereira do Nascimento, secretário de Estado da Aeronáutica

1969-03-29

Encerramento de um simpósio sobre contra-subversão em Luanda, em que o comandante-chefe, general Almeida Viana, realça as deficiências da acção política e militar

1969-04-01

Acção das forças portuguesas na região de Bula, Sector Oeste, Guiné, com vários contactos com forças do PAIGC

1969-04-01

Desvio de um avião da carreira entre Angola e o Congo-Kinshasa por um comando do MPLA

1969-04-01

Ataque da Frelimo ao aldeamento de Marere, Cabo Delgado, junto ao rio Messalo, causando cinco mortos e 12 feridos e capturando três espingardas G-3 um posto de rádio

1969-04-01

Acção da Frelimo na zona de Quiterajo, causando às forças portuguesas cinco mortos e a captura de seis espingardas G-3

1969-04-02

Recepção de Nixon a Marcelo Caetano, em Washington

1969-04-03

Lázaro Kavandamme, dissidente da FRELlMO, entrega-se às autoridades portuguesas

1969-04-08

Início de uma visita de Marcelo Caetano à Guiné, Angola e Moçambique

1969-04-15

Início da V Conferência de Alto Nível da África Central e Oriental, cujo comunicado final, conhecido como 'Manifesto de Lusaca', virá a ser adoptado em Setembro pela OUA e depois aprovado pela Assembleia-Geral da ONU

1969-04-21

Constituição de um triunvirato para presidir à Frelimo, constituído por Uria Simango, Marcelino dos Santos e Samora Machel

1969-05-01

Início da Operação Robusta, de transferência de populações do distrito do Quanza Norte para o distrito do Zaire. Prolongou-se até 1972 e envolveu cerca de 6000 pessoas que regressariam às suas terras de origem apenas depois do 25 de Abril de 1974

1969-05-01

Acção de forças portuguesas a SE de Furancungo, Moçambique, com apreciáveis resultados e a captura de diverso material de guerra

1969-05-01

Comunicado do MPLA a propósito dos ataques ao caminho de ferro de Benguela, afirmando nada ter a ver com esses actos

1969-05-01

Implantação de uma mina aquática no rio Cobade, no Sector Sul, Guiné, por parte do PAIGC, accionada pelo batelão Guadiana

1969-05-06

Encerramento compulsivo da Universidade de Lisboa

1969-06-01

Acção das forças portuguesas no complexo da Base limpar o, a NW de Mocímboa do Rovuma, com localização de grande quantidade de material, incluindo espingardas Simonov, pistolas-metralhadoras, munições, granadas de morteiro, explosivos e minas

1969-06-01

Ataque simultâneo da Frelimo ao destacamento militar e ao aldeamento de Nova Coimbra, Niassa, utilizando morteiros, lança-granadas-foguete e armas automáticas, tendo espalhado panfletos de propaganda

1969-06-01

O programa de rádio da FNLA 'Voz de Angola Livre' passou a ser transmitido de Lubumbashi, em face das facilidades concedidas pela República Democrática do Congo

1969-06-01

Deslocamento das populações da área de Piche, Guiné, para zonas mais seguras, incluindo a saída para o Senegal, em virtude dos últimos ataques do PAIGC

1969-06-01

Recomendação da Assembleia-Geral da União da Europa Ocidental no sentido de ser prosseguida uma política comum tendente ao encaminhamento de Portugal para um governo democrático

1969-06-01

Resolução da Comissão de Descolonização da ONU, depois de uma visita a vários países africanos, de denúncia da guerra colonial em que Portugal está empenhado, classificada como um grave crime contra a humanidade e uma ameaça à paz e à segurança

1969-06-01

Inicio da acção armada de MPLA no distrito do Bié

1969-06-04

Desvio de um avião das carreiras aéreas de Angola para Pointe Noire (Congo-Brazza) por um comando do MPLA

1969-06-21

Morte de 101 militares portugueses no afundamento de um batelão na travessia do Zambeze, o maior acidente durante a guerra colonial

1969-06-21

Kaúlza de Arriaga comandante militar (Exército) de Moçambique

1969-06-30

Participação da FNLA na Feira Internacional de Kinshasa, com um pavilhão de Angola

1969-07-01

Ataque do PAIGC a Quirafo, no Leste da Guiné, durante três horas, com grande poder de fogo, de que resultou a destruição completa do aquartelamento

1969-07-01

Visita de uma comissão militar da OUA ao Leste de Angola, acompanhada por Agostinho Neto, com representantes da Argélia, Congo e Egipto

1969-07-01

Início da preparação da Operação Mar Verde, destinada a derrubar o regime de Sekou Touré da Guiné-Conacri

1969-07-01

Realização do I Festival Cultural Pan-Africano em Argel, em cujo manifesto se salienta que os Estados africanos têm todos a obrigação de responder a uma colonização total com uma luta total pela libertação

1969-07-05

Apelo dos líderes dos movimentos de libertação de Angola (MPLA), Guiné (PAIGC) e Moçambique (Frelimo) à Conferência Episcopal Africana reunida em Campala para a visita de Paulo VI

1969-07-07

Centralização em cada comando-chefe das operações militares de cada teatro de guerra

1969-07-09

Inicio de uma visita de Marcelo Caetano ao Brasil

1969-07-17

Inicio de uma reunião, em Lisboa, de chefes militares, policiais e dos serviços secretos de Portugal, África do Sul e Rodésia

1969-07-17

D. António Ferreira Gomes é autorizado a entrar em Portugal

1969-07-28

Aprovação, pelo Conselho de Segurança da ONU, de uma queixa da Zâmbia, por ataques aéreos portugueses a povoações fronteiriças, em que os aliados portugueses se abstiveram, mas manifestaram discordância com a política colonial portuguesa

1969-08-01

Emboscada da Frelimo a uma coluna portuguesa na região de Mueda, na chamada 'Curva da Morte', causando nove mortos e 16 feridos

1969-08-01

Importante operação das forças portuguesas no Sector de Moxico, Angola, na região entre os rios Cuemba e Cuando, de que resultou a destruição de seis acampamentos e captura de material de guerra

1969-08-01

Accionamento de uma mina A/C por uma coluna portuguesa nas proximidades de Fulacunda, Sector Sul, Guiné, de que resultaram cinco mortos e dez feridos

1969-08-02

Libertação de 92 ex-militantes do PAIGC pelas autoridades, portuguesas da Guiné, entre os quais Rafael Barbosa

1969-08-09

Ataque do PAIGC ao quartel de Jabadá

1969-08-18

Apresentação, feita por Amílcar Cabral em Argel, de cinco desertores portugueses

1969-09-01

Confronto de duas tendências no seio da Frelimo, entre Uria Simango, por um lado, e Samora Machel e Marcelino dos Santos, por outro, tendo estes o apoio de Janet Mondlane, viúva do dirigente da organização

1969-09-01

Incorporação compulsiva nas Forças Armadas de 49 estudantes que se salientaram no conflito académico de Coimbra

1969-09-01

Declaração do MPLA em Brazzaville, assumindo a autoria do incêndio no poço de petróleo de Quinguela e da queda de um avião no Leste de Angola

1969-09-03

Anúncio da adjudicação definitiva de Cahora Bassa ao consórcio Zamco

1969-09-16

Apresentação do relatório anual do secretário-geral da ONU, em que U'Thant lamenta a decepção sofrida por muitos que alimentaram a esperança de que o Governo português alterasse a política colonial e reconhecesse o direito à autodeterminação e independênc

1969-09-19

Assinatura do contrato de construção da barragem de Cahora Bassa com o consórcio Zamco, formado por empresas portuguesas, sul-africanas, alemãs, francesas e italianas

1969-10-01

Instalação na Guiné de um ramo militar da oposição ao regime de Conacri com o apoio das autoridades portuguesas

1969-10-01

Estabelecimento de contactos de Senghor com o Governo português para exploração da possibilidade de conversações com os movimentos de libertação para a solução pacifica do problema colonial

1969-10-01

Preparação do alargamento das acções da Frelimo para sul do rio Zambeze, junto à fronteira

1969-10-01

Anúncio, por Olof Palme, novo primeiro-ministro da Suécia, da criação de um programa de auxílio económico à Frelimo e ao PAIGC, com desaprovação firme da política colonial portuguesa

1969-10-10

Ataque do PAIGC ao quartel de Buba

1969-10-10

Chamada do embaixador português na Suécia a Lisboa, como protesto contra a presença naquele pais de uma delegação da Frelimo

1969-10-10

Suspensão de Uria Simango da direcção da Frelimo

1969-10-24

Refúgio de Marcelo Caetano no Posto de Comando da Força Aérea em Monsanto, por causa de rumores sobre um golpe de Estado

1969-11-01

Utilização, pelo PAIGC, dos foguetões de 122 mm, contra Bolama

1969-11-01

Revelação, pela imprensa internacional, de movimentações em Moçambique lideradas por Jorge Jardim para a declaração unilateral da independência

1969-11-01

Modificação do sistema de pagamentos entre Portugal e as colónias

1969-11-01

Campanha 'Um Dia de Trabalho' a favor do Instituto de Moçambique, com sede em Dar-es-Salam, promovido em Estocolmo pela Organização Central dos Alunos das Escolas Suecas

1969-11-07

Visita a Angola, Moçambique e África do Sul do subsecretário para os Assuntos Africanos americano

1969-11-08

O ministro da Defesa Nacional informa a Cruz Vermelha sobre a existência de 23 militares 'retidos' na República da Guiné-Conacri, cinco na República Democrática do Congo, três na República Popular do Congo, quatro na Tanzânia e um na Zâmbia

1969-11-12

Referência, pelo jornal Le Monde, a um movimento dos colonos portugueses de Moçambique, chefiado por Jorge Jardim, cujo objectivo seria a independência branca

1969-11-16

Início da Operação Jove, no Sul da Guiné, 'corredor de Guilege', por forças pára-quedistas, em resposta a informações sobre a passagem de uma coluna militar do PAIGC onde seguiria Nino Vieira

1969-11-18

Captura do capitão cubano Pedro Peralta por forças pára-quedistas durante a Operação Jove, a quem foram apreendidos documentos que descrevem os ataques do PAIGC aos quartéis de Buba, Bedanda e Jabadá

1969-11-19

Início de um seminário de quadros do PAIGC em Conacri, em que Amílcar Cabral aborda os seguintes aspectos: duração da guerra e renovação dos quadros, aspectos económicos da guerra, doutrina portuguesa de unificação cultural e papel da luta armada

1969-11-20

Acolhimento do Manifesto de Lusaca pela Assembleia-Geral da ONU

1969-11-21

Aprovação, pela Assembleia-Geral da ONU, de uma resolução de condenação da política colonial de Portugal, de tom moderado, mencionando expressamente o Manifesto de Lusaca

1969-11-26

Visita a Angola e a Moçambique dos adidos militares em Lisboa dos Estados Unidos, Grã-Bretanha, França, Alemanha e Brasil

1969-12-01

Criação do Batalhão de Comandos de Moçambique

1969-12-01

Tentativa de o MPLA abrir a 5.ª Região Militar, a partir do Bié

1969-12-01

Intenso esforço diplomático da Frelimo de oposição a Cahora Bassa, que leva uma empresa sueca a retirar-se do consórcio

1969-12-01

Realização de um seminário da juventude da África oriental e central em Dar-es-Salam em que participou a Frelimo e foi exibido um filme-documentário deste movimento intitulado 'Venceremos'

1969-12-01

Criação da Fundação Mondlane, na Holanda, para angariação de fundos de apoio aos movimentos de libertação das colónias portuguesas

1969-12-01

Criação do Comando Operacional das Forças de Intervenção (COFI), em Moçambique, com a missão de preparar e conduzir operações com forças de intervenção e apoio da Força Aérea e Marinha, quando necessário, em todo o território de Moçambique

1969-12-09

Condenação de Portugal no Conselho de Segurança da ONU por violações do território do Senegal

1969-12-15

A Assembleia Nacional exorta, por unanimidade, Marcelo Caetano a prosseguir a 'política nacional de manutenção e defesa da unidade e integridade de todos os territórios portugueses'

1969-12-22

Condenação de Portugal no Conselho de Segurança da ON U por violações do território da Guiné-Conacri

1970-01-01

Estabelecimento dos primeiros contactos de militares portugueses do estado-maior de Spínola com chefes militares do PAIGC, numa tentativa de aliciamento para estes fazerem parte da futura força africana da Guiné, que se integrava na sua manobra política

1970-01-01

Estabelecimento de uma base de apoio para a Operação Mar Verde na ilha de Soga-Bijagós, na Guiné, onde foram reunidos e treinados militares portugueses e elementos da oposição da Guiné-Conacri

1970-01-01

Criação dos primeiros seis grupos especiais (GE) de milícias, em Moçambique, num total de 550 homens

1970-01-01

Grande ofensiva militar do PAIGC contra posições portuguesas de Guilege, Guidage, São Domingos e Gadamael

1970-01-01

Plano de emprego dos refugiados catangueses e zambianos

1970-01-15

Remodelação ministerial, com Sá Viana Rebelo a assumir a pasta do Exército e Rui Patrício a dos Negócios Estrangeiros

1970-01-22

Reunião preparatória da Conferência Internacional de Apoio aos Povos da Colónias Portuguesas realizada em Roma pela OSPAA (Organização deSolidariedade dos Povos Afro-Asiáticos), que decide realizar a Conferência em Roma, em 27 a 29 de Junho

1970-01-27

Constituição de uma comissão, em Lisboa, para os assuntos do Estado da Índia

1970-01-28

Os Estados Unidos decidem fornecer a Portugal equipamento militar 'não letal'

1970-02-01

Vaga de prisões de estudantes africanos das universidades portuguesas

1970-02-01

Conversações secretas em Dacar entre delegações de Portugal e do Senegal, com vista a um cessar-fogo na Guiné

1970-02-20

Prisão do pároco de Belém (Lisboa), padre Felicidade Alves, por denunciar a situação da guerra colonial

1970-03-01

Reorganização das forças do PAIGC, com formação do corpo de exército de Nhacra-Enxalé, numa nova divisão territorial correspondente a novo patamar do seu processo evolutivo previsto por Amílcar Cabral

1970-03-01

Confirmação da existência de uma unidade de artilharia do PAIGC equipada com foguetões GRAB-1, 122 mm.

1970-03-01

Autorização de despesas, a contrair pelo Governo português, de um milhão e quinhentos mil contos, para reequipamento extraordinário do Exército e da Força Aérea

1970-03-20

Constituição de uma comissão governamental para o estudo da integração europeia de Portugal

1970-03-31

Posse de Kaúlza de Arriaga do cargo de comandante-chefe de Moçambique

1970-04-01

Inauguração em Estocolmo, de uma exposição documental organizada pelo MPLA sobre as actividades políticas deste movimento e o auxílio sueco ao movimento

1970-04-01

Referência, num discurso em Mansoa, feito por Spínola diante do ministro do Ultramar, Silva Cunha, ao facto de a Guiné estar a viver um grande momento, por se aproximar o fim da guerra

1970-04-01

Organização de um curso de 'guerra subversiva' pela Legião Portuguesa, com exercícios na Serra de Sintra

1970-04-01

Protesto de Portugal na ONU por a Assembleia Mundial da Juventude, realizada sob a égide da ONU, ter convidado directamente representantes de Angola, Moçambique e Guiné sem o conhecimento do Governo português

1970-04-01

Conferência de imprensa de Mário Soares em Nova Iorque, condenando a guerra colonial

1970-04-14

Costa Gomes, comandante-chefe de Angola

1970-04-20

Morte dos majores Passos Ramos, Pereira da Silva e Magalhães Osório, na zona de Teixeira Pinto, na Guiné, durante uma acção de contacto com elementos do PAIGC

1970-05-01

Novo pedido de U'Thant aos países para acatarem as resoluções da ONU, o que não acontece com Portugal, frisando que 'os Estados membros devem tomar cautela para não caírem na armadilha de se tornarem inimigos da ONU'

1970-05-01

Informação de Portugal ao secretário-geral da ONU de que não participaria na Assembleia Mundial da Juventude, a realizar em Julho

1970-05-01

Tentativas de formação de um movimento único de oposição à Frelimo

1970-05-01

Visita de Léopold Senghor aos países escandinavos, declarando em Estocolmo que 'tinha proposto um plano de paz aceite por Amílcar Cabral, residindo a dificuldade da sua aplicação na obtenção do acordo dos portugueses'

1970-05-01

Reorganização territorial do Exército em Portugal e nas colónias

1970-05-01

Seminário da Mocidade Portuguesa sobre a estratégia e a táctica dos movimentos emancipalistas

1970-05-10

Nomeação de Samora Machel como presidente da Frelimo, ficando Marcelino dos Santos como vice-presidente

1970-05-23

- Ataque do PAIGC ao navio Alvor no rio Cacheu, com lança-granadas-foguete

1970-05-29

Visita a Lisboa do secretário de Estado norte-americano, William Rodgers

1970-06-01

Conferência de imprensa de Samora Machel em Dar-es-Salam, na qual, referindo-se a Cahora Bassa, afirmou que o impedimento da sua construção continuava a ser o principal objectivo militar da Frelimo, só podendo obter-se pela força das armas

1970-06-01

Acção da FNLA na zona de Toto contra uma viatura civil, que marca o reinício da sua actividade na zona, depois de ano e meio sem incidentes

1970-06-07

Anúncio, por Marcelo Caetano e Richard Nixon, sobre a efectivação de consultas periódicas entre os dois governos

1970-06-15

Publicação, pela revista alemã Der Spiegel, de fotografias sobre atrocidades cometidas em Moçambique pelas tropas portuguesas

1970-06-19

Prisão, em Lisboa, de vários cristãos por assumirem posições contra a guerra colonial

1970-06-27

Início da Conferência Internacional de Solidariedade com os Povos das Colónias Portuguesas, realizada em Roma

1970-07-01

Alargamento do apoio dos países nórdicos ao MPLA, com especial relevo para a Suécia, com ajuda financeira e material

1970-07-01

Abordagem da questão do emprego de produtos químicos pelas tropas portuguesas, nas emissões de rádio do MPLA

1970-07-01

Divulgação, pela Acção Socialista Portuguesa, da sua Declaração de Princípios, na qual considera necessário a abertura imediata de negociações para pôr fim às guerras

1970-07-01

Visita a Lisboa do vice-presidente norte-americano, Spiro Agnew

1970-07-01

Recepção, pelo Papa Paulo VI dos dirigentes dos movimentos de libertação das colónias portuguesas Agostinho Neto, Amílcar Cabral e Marcelino dos Santos

1970-07-01

Início da Operação Nó Górdio, em Moçambique

1970-07-06

Assalto das tropas portuguesas à Base Gungunhana da Frelimo, no planalto central, durante a Operação Nó Górdio

1970-07-07

Nota da Secretaria de Estado do Vaticano ao Governo Português sobre a recepção do Papa aos dirigentes nacionalistas

1970-07-09

Início da Assembleia Mundial da Juventude, no âmbito das comemorações do 25.º aniversário da ONU, com a presença de 110 países, em cuja mensagem final se denuncia a 'guerra colonial empreendida por Portugal contra os povos de Angola, Guiné e Moçambique'

1970-07-12

Ataque de um grupo de guerrilha da Frelimo ao quartel de Miteda, em Cabo Delgado, só retirando após a utilização de helicanhões pelas tropas portuguesas

1970-07-25

Queda de um helicóptero na Guiné, de que resultou a morte dos deputados José Pedro Pinto Leite, Leonardo Coimbra, Vicente de Abreu e Pinto Bull

1970-08-01

Confirmação da existência de conselheiros cubanos junto do PAIGC pelos comandos militares portugueses

1970-08-06

Fim da Operação Nó Górdio, em Moçambique

1970-08-11

Ataque do PAIGC à lancha Sagitário, 13.º efectuado a unidades navais ao longo do ano, facto que leva o comandante da Defesa Marítima a salientar a 'liberdade de movimentos que o inimigo goza na margem sul do Cacheu' e a notar a melhoria da eficiência do a

1970-08-12

Início das reuniões da Comissão de Descolonização da ONU, cujas moções contêm ataques mais sistemáticos contra os governos brancos da África Austral e seus aliados, reflectindo a preocupação por uma anunciada mudança da política externa britânica

1970-08-15

Deserção de seis tenentes milicianos, ex-alunos da Academia Militar, a quem viria a ser concedido asilo político na Suécia

1970-08-19

Assalto ao navio Pérola do Oceano, em Cabo Verde, por um grupo de militantes políticos que pretendiam dirigir-se a Dacar

1970-08-29

Rebentamento de um engenho explosivo na Embaixada de Portugal em Washington, sendo desmontado outro engenho no gabinete dos adidos militares

1970-09-01

Artigo de Aquino de Bragança na revista Afrique-Asie intitulado 'Dacar face a Lisboa', analisando as relações entre Portugal e o Senegal na sequência dos acontecimentos de fronteira e do plano Senghor para a solução pacífica da questão colonial

1970-09-01

Referência, nas emissões de rádio Angola Combatente do MPLA, a diversas atitudes de oposição à guerra em quartéis em Portugal

1970-09-01

Entrega ao GRAE, através de Holden Roberto, em Kinshasa, pelo embaixador de Israel, de um lote de medicamentos, na continuação do auxílio prestado por aquele país à FNLA

1970-09-08

Início da III Conferência plenária dos Países Não Alinhados em Lusaca que pede um apoio mais eficaz e uma maior ajuda financeira aos movimentos de libertação africanos e convida todos os governos a absterem-se de financiar a barragem de Cahora Bassa

1970-09-15

Apresentação do relatório anual de U'Thant à Assembleia-Geral da ONU referindo, em relação a Portugal, que 'após nove anos de luta armada deve ter-se tornado evidente ao Governo português qual a política que poderá abrir a porta a negociações pacíficas'

1970-09-27

Conversa em família de Marcelo Caetano, em que acusa as Nações Unidas de instigarem a 'subversão no Ultramar'

1970-10-01

Convite a todos os voluntários que queiram participar activamente na luta de libertação, feito por Paul Touba, membro do GRAE, na Comissão de Curadorias da ONU, primeira vez que é feito semelhante convite num órgão oficial da ONU

1970-10-14

Aprovação pela Assembleia-Geral da ONU dum programa de acção destinado a acelerar a obtenção da independência dos povos coloniais, sendo proclamado como documento comemorativo do 10.º aniversário da Declaração de Descolonização e do 25.º da ONU

1970-10-26

Acção da ARA contra o navio Cunene, fundeado no porto de Lisboa e pronto a partir para África com material de guerra

1970-10-29

Acção de sabotagem no navio Vera Cruz, em Lisboa

1970-10-29

Criação da associação Sedes, como esboço de um partido político de tendência moderada

1970-11-01

Aprovação, pela Comissão Política Especial da Assembleia-Geral da ONU, constituída por 127 países, de uma resolução recomendando o aumento do auxílio aos movimentos de libertação, em cuja votação apenas Portugal foi contra

1970-11-06

Proposta do presidente da Costa do Marfim, Houphouet Boigny, para a realização de uma conferência africana para abertura de um diálogo com Portugal e a África do Sul

1970-11-12

Pedido de Spínola ao Governo para uma operação na Guiné-Conacri

1970-11-17

Aprovação da Operação Mar Verde por Marcelo Caetano

1970-11-19

Seminário de quadros do PAIGC em Conacri presidido por Amílcar Cabral, onde este declara: 'É mais fácil, ou menos difícil, para nós ganhar a guerra de libertação nacional do que garantir ao nosso povo uma vida de trabalho, dignidade e justiça'

1970-11-22

Início da Operação Mar Verde, envolvendo um efectivo de 350 homens com 25 objectivos na área da cidade e porto de Conacri, cujo único resultado foi a libertação de militares portugueses prisioneiros

1970-11-22

Reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU a pedido Guiné-Conacri, na qual foi aprovada uma resolução em que é exigida a 'retirada imediata de todas as forças armadas e de todos os mercenários estrangeiros' da República da Guiné

1970-11-23

Aprovação, pelo Conselho de Segurança da ONU, do envio de uma missão especial à República da Guiné para investigar as acusações de que as forças portuguesas haviam invadido Conacri

1970-11-29

Comunicado do Comando-Chefe da Guiné a anunciar terem-se apresentado na fronteira os militares portugueses 'retidos' na Guiné-Conacri, por se terem conseguido evadir. Na realidade, eram os militares postos em liberdade pela Operação Mar Verde

1970-12-01

Primeiras notícias da possível aquisição, por parte do PAIGC, de mísseis terra-ar

1970-12-01

Cedência de uma verba de quase cinco milhões de dólares pelo Governo americano, produto da venda de alimentos para a paz, para reconstrução e recuperação de zonas danificadas em consequência da invasão de Conacri

1970-12-01

Conferência do PAIGC, de alto nível, em Zinguinchor, em cujo comunicado se refere que durante a luta se evitaria 'molestar as populações, incluindo as que vivem sob o controlo das forças portuguesas'

1970-12-02

Entrega pelo Governo à Assembleia Nacional de uma proposta de revisão constitucional, prevendo um estatuto de autonomia interna para as províncias ultramarinas

1970-12-04

Deserção de três oficiais do Exército, que se refugiam na Bélgica

1970-12-08

Aprovação, pelo Conselho de Segurança, de uma resolução baseada no relatório da missão especial à República da Guiné, enviada para investigar a invasão de Conacri, que considera o colonialismo português uma séria ameaça à paz e segurança de África. Esta r

1970-12-12

Declaração, do chefe da delegação americana na ONU, Charles Yost, revelando que os Estados Unidos não tinham qualquer razão para duvidar das conclusões da comissão especial da ONU que investigou os acontecimentos de Conacri e o envolvimento de Portugal

1970-12-14

Resolução da Assembleia-Geral da ONU censurando a política colonial portuguesa e pedindo a Portugal que não utilizasse meios de guerra química e biológica contra as populações

1970-12-17

Julgamento do padre Mário de Oliveira, pároco de Macieira da Lixa, por oposição à guerra

1971-01-01

Primeiras notícias do fornecimento ao PAIGC, pela União Soviética, de um míssil terra-ar do tipo Redeye

1971-01-01

Documento do Conselho Mundial das Igrejas publicado em Addis Abeba, 'A Unidade e os Direitos Humanos em África', que pede a todos os membros para procurarem evitar que os respectivos governos apoiem a construção de Cahora Bassa

1971-01-01

Distribuição pela Frelimo de uma publicação em português e outras línguas sobre a luta em Moçambique, com um prefácio de Samora Machel

1971-01-01

Flagelações do PAIGC a Pirada, Aldeia Formosa e Catió com foguetões 122 mm

1971-01-23

Despacho de Kaúlza de Arriaga de criação dos grupos especiais (GE) em Moçambique

1971-02-01

Organização militar da UNITA no Leste de Angola, com a divisão em duas regiões separadas pelo rio Lungue-Bungo, sendo a primeira na margem direita, chefiada por N'zau Puma, e a segunda na margem esquerda, chefiada pelo próprio Savimbi

1971-02-01

Operação Lacrau das tropas portuguesas na região de Ninda, Angola, com captura de um canhão S/R 75 M/20 com tripé (EUA)

1971-02-01

Chefes militares do MPLA: 1.ª Região - Jacob Caetano, 'o Monstro Imortal', 3.ª Região - Paganini, 4.ª Região - Bonifácio 'Kantiga'

1971-02-01

Participação do PAIGC na conferência ministerial para África do Conselho Económico e Social da ONU

1971-02-01

Conferência sobre 'Os Estudantes e o Movimento de Libertação Africano' em Helsínquia, com representantes de mais de 60 países e do PAIGC, MPLA, Frelimo e SWAPO

1971-02-10

Início do julgamento, em Lisboa, de 10 arguidos, entre os quais Joaquim Pinto de Andrade, acusados de tentarem obter por meios violentos a separação de Angola da 'Mãe-Pátria'

1971-02-15

Encontro na Rodésia, entre lan Smith e os chefes dos serviços secretos de Portugal e da África do Sul

1971-02-15

Despacho do ministro da Defesa Nacional que integra os 'Fiéis', antigos catangueses, nos 'Irregulares' de Angola, destinando-lhes missões em 'zonas politicamente convenientes'

1971-02-16

Ataque de grande envergadura por forças do MPLA ao aquartelamento de Caripande, no Leste de Angola, com morteiros, lança-granadas-foguete e armas automáticas

1971-03-08

Atentado da ARA contra aeronaves militares na Base Aérea de Tancos

1971-03-19

Kaúlza de Arriaga anuncia a vitória iminente das forças portuguesas em Moçambique

1971-03-31

O Comando-Chefe da Guiné, em documento oficial, declara: 'A situação continua caminhando para novo e rápido agravamento face à crescente pressão militar do inimigo, passível de suplantar a nossa capacidade de defesa das populações'

1971-04-01

Morte de três soldados rodesianos, em Moçambique no accionamento de uma mina

1971-04-01

Assembleia-geral anual da Gulf Oil Corporation, em Atlanta, tendo sido rejeitada uma proposta no sentido de a companhia cessar as suas actividades em Angola e Moçambique, feita pela Comissão para a África austral da Igreja Presbiteriana Unida

1971-04-01

Carta de Lord Gifford, membro da Câmara dos Lordes e presidente da Comissão para a libertação de Angola, Moçambique e Guiné, dirigida ao ministro dos Negócios Estrangeiros, no sentido de este receber os representantes da Frelimo antes da sua visita a Port

1971-04-17

Despacho de Kaúlza de Arriaga que cria os Grupos Especiais Pára-quedistas (GEP) em Moçambique

1971-04-22

Início da Conferência Mundial da Juventude para a libertação dos povos das colónias portuguesas, reunida em Brazzaville

1971-04-26

Localização do navio português Angoche à deriva, ao largo de Moçambique, sem sinais da tripulação e da carga de armamentos que transportava

1971-05-01

Autorização de despesas, a contrair pelo Governo português, de 1.5 milhões de contos, para reequipamento extraordinário das Forças Armadas

1971-05-01

Portugal retira-se da UNESCO em virtude de esta organização apoiar os movimentos de libertação

1971-05-01

Treino militar de guerrilheiros da Frelimo feito pelo exército zambiano

1971-05-01

Operações de tropas rodesianas na zona de Tete

1971-05-15

General Augusto dos Santos, chefe do Estado-Maior do Exército

1971-05-16

Anúncio, pelo Conselho Geral da Congregação dos Padres Brancos, da sua intenção de se retirarem de Moçambique

1971-05-25

Expulsão de Moçambique, executada pela DGS, dos missionários da Ordem dos Padres Brancos

1971-05-28

Promoção de um jantar legionário no Porto contra a reforma constitucional de Marcelo Caetano

1971-06-01

Penetração do MPLA na área de Cuangar, distrito do Cuango-Cubango. com a finalidade de efectuar o reconhecimento do terreno e criar pontos de apoio, na área que constitui a sua 6ª Região

1971-06-01

Criação da Frente Unida de Moçambique, Fumo, em Nairobi, resultante da fusão do Molimo e do Barazaya Wazzee, chefiada por Narciso Mbule e inspirada por Uria Simango, cujo manifesto acusa a Frelimo do falhanço da luta em Moçambique

1971-06-01

Substituição do cardeal Cerejeira por D. António Ribeiro no Patriarcado de Lisboa

1971-06-03

Atentado da ARA contra a central radiotelegráfica e telefónica de Lisboa, no dia de abertura de uma cimeira da NATO

1971-06-09

Primeiro ataque do PAIGC a Bissau

1971-06-19

Promulgação da nova Lei Orgânica da Ultramar, passando Angola e Moçambique a ser designados por Estados

1971-07-01

Manifestações contra Cahora Bassa em Berlim, durante a assembleia anual de accionistas da AEG-Telefunken

1971-07-17

Reunião em Vila Machado do clero da Congregação dos Padres Brancos, que decidiram só sair de Moçambique por acto compulsório do Governo e nunca por iniciativa própria

1971-08-01

Elementos da UNITA estabelecem contactos com madeireiros na região do Moxico com vista a um entendimento

1971-08-01

Formação de um Governo no exílio pelo MPLA

1971-08-01

Curso de formação sindical organizado pela Liga Geral dos Trabalhadores Angolanos (LGTA) ligada à UPA, em Kinshasa

1971-08-16

Profunda alteração da Constituição de 1933

1971-08-25

Directiva do Comando-Chefe para a constituição de grupos especiais (GE) em Angola

1971-09-01

Visita de uma delegação da OUA a vários países da NATO, com o objectivo de conseguir que estes deixem de apoiar a política colonial portuguesa

1971-09-01

Críticas do Governo rodesiano à actuação de Kaúlza de Arriaga em Moçambique, feitas em Lisboa pelo chefe dos serviços secretos da Rodésia

1971-09-01

Movimento de elementos militares do MPLA ao longo do rio Luena, no Leste de Angola, com o fim de reabrir a 'Rota Agostinho Neto' em direcção à zona do Luso, fazendo face à pressão da FNLA e da UNITA

1971-09-01

Visita de Olof Palme à Tanzânia, onde declara que o colonialismo português constitui um obstáculo ao abrandamento da tensão mundial

1971-09-27

Visita oficial de Hastings Banda, presidente do Malawi, a Moçambique para inauguração do troço final do caminho de ferro de Nacala, afirmando que a visita obedecia à política de relações amigáveis com todos os países vizinhos

1971-09-30

Início do funcionamento do Centro de Instrução de grupos especiais em Moçambique, no Dondo

1971-10-01

Actividade operacional do PAIGC na zona de Duas Fontes, no Leste da Guiné, com emboscadas e minas, causando cinco mortos e quatro feridos às forças portuguesas

1971-10-01

Visita de Marcelino dos Santos à Argélia, declarando que a actividade da Frelimo é muito forte na zona de Tete, em especial na estrada de ligação entre a Rodésia e o Malawi

1971-10-01

Detecção e desmantelamento pelas autoridades portuguesas de uma organização de apoio ao MPLA em Luanda e noutras cidades angolanas, com o nome de Comité de Acção NZAJI, que planeava o início da guerrilha urbana

1971-10-01

Operação Com Raça das forças portuguesas na zona de Caboiana-Churo, Oeste da Guiné, CAOP 1, com resultados significativos

1971-10-01

Operação Novidade das forças portuguesas, na zona de Tite, no Sul da Guiné, com captura do chefe das populações balantas do Quinara, de nome Manquianle

1971-10-01

Operação Diamante Pardo executada por duas companhias de comandos africanos na zona de Naga, Oeste da Guiné, com estabelecimento de vários contactos com forças do PAIGC

1971-10-01

Desenvolvimento de uma operação combinada a norte de Metangula, Niassa, Moçambique, pelas forças portuguesas, com destruição das bases Gungunhana e Luiga e resultados apreciáveis

1971-10-01

Declarações de Amílcar Cabral numa visita a Inglaterra a convite do secretário-geral do Partido Trabalhista, afirmando o seu desejo de solucionar a guerra por meio de negociações com Portugal, sem condições prévias

1971-10-01

Acção da Frelimo no itinerário Revia-Marrupa, Niassa, Moçambique, com accionamento de mina A/C pelas forças portuguesas, causando dez mortos e sete feridos

1971-10-10

Massacre de 19 civis na localidade de Daque, Tete, por tropas dos GE

1971-10-19

Cimeira da Comunidade da África central e oriental que aprovou a 'Declaração de Mogadíscio', condenando as potências ocidentais pelo apoio dado a Portugal

1971-10-27

A República Democrática do Congo, ex-República do Congo e ex-República do Congo-Kinshasa, passa a designar-se República do Zaire

1971-10-27

Acção da ARA contra as instalações de Oeiras do Comiberland, na véspera da sua inauguração

1971-11-01

Acção de duas companhias de comandos africanos, na zona de Campará, no Sul da Guiné

1971-11-01

Grande operação combinada das forças portuguesas na zona de Chimbila-Cazage-Luatche-Lumeje, sector do Moxico

1971-11-01

Acção das forças portuguesas a noroeste de Muidumbe, COFI, Moçambique, com assalto à base provincial Moçambique da Frelimo

1971-11-03

Acção militar na região de Mucumbura de que resultou a morte de civis

1971-11-06

Estabelecimento de novo regime de pagamentos interterritoriais

1971-11-08

Acção de sabotagem da linha de caminho de ferro nas zonas de Caldas Xavier e Doa, Tete, Moçambique, por parte da Frelimo, com comando à distância, resultando a destruição de três vagões e de 400 metros de linha

1971-11-18

Alvejamento por forças da Frelimo de um avião DO-27 em missão de RVIS, com morte do oficial observador, na região do Niassa

1971-11-19

A Assembleia Nacional decreta o 'estado de subversão', por se verificarem 'actos subversivos graves em algumas parcelas do território nacional'

1971-11-24

O ministro do Ultramar manda proceder a um inquérito sobre os massacres de Mucumbura denunciados por missionários

1971-11-25

Criação, pela DGS, do Grupo de Trabalho Madeira, com a finalidade de efectuar a 'integração' da UNITA e de Jonas Savimbi

1971-11-28

Comunicado do PCP a criticar a acção das BR e dando o seu apoio às acções da ARA

1971-12-01

Operação Safira Solitária realizada por duas companhias de comandos africanos na zona de Morés, Oeste da Guiné, com vários contactos com forças do PAIGC

1971-12-01

Grande operação das forças portuguesas a SE de Nangade, Cabo Delgado, Moçambique, com assalto à base Beira e ao Destacamento de Nangade

1971-12-03

Aprovação do plano de operações para a integração dos guerrilheiros da UNITA pelo Governo-Geral de Angola, que prevê para Savimbi um cargo administrativo

1971-12-03

Renovação do Acordo das Lajes entre Portugal e os Estados Unidos

1971-12-13

Cimeira entre Richard Nixon e Georges Pompidou nos Açores, estando Marcelo Caetano presente como anfitrião

1971-12-20

Início de uma operação na zona de Morés, no Norte da Guiné, para reocupação de algumas posições pelas tropas portuguesas

1972-01-01

Levantamento popular no Cunene contra a alta dos impostos, licenças e multas

1972-01-01

Kaúlza de Arriaga anuncia que a 'vitória final' sobre a Frelimo está próxima

1972-01-01

Denúncia dos massacres de Mucumbura pelo padre Joaquim Teles de Sampaio, da paróquia do Macuti, Beira

1972-01-14

Prisão dos padres do Macuti pela DGS

1972-01-14

Conclusão do inquérito feito pelo Exército aos massacres de Mocumbura, declarando-se não se provar 'que as nossas tropas tenham cometido quaisquer represálias, violências ou massacres'

1972-01-21

Convite ao Conselho de Segurança da ONU para enviar uma delegação às 'áreas libertadas da Guiné-Bissau', feito pelo PAIGC

1972-01-24

Golpe de mão de guerrilheiros do PAIGC, comandados por Queba Sambu, a Catió, no Sul da Guiné, durante o qual foram feitos prisioneiros dois militares portugueses

1972-02-01

Amilcar Cabral discursa no Conselho de Segurança da ONU, reunido em Adis Abeba, facto que ocorre pela primeira vez

1972-02-02

Aprovação, pelo Conselho de Segurança da ONU, reunido extraordinariamente em Adis Abeba, de uma resolução de apoio aos movimentos nacionalistas de Angola, Guiné e Moçambique

1972-02-04

Primeira reunião do Grupo de Trabalho Madeira, da DGS

1972-02-04

Resolução do Conselho de Segurança da ONU que autoriza o envio de uma missão de visita às regiões libertadas da Guiné-Bissau

1972-03-01

Alerta de Amílcar Cabral contra um plano para liquidar o partido e o seu secretário-geral

1972-03-01

Encontros secretos entre delegações de Portugal e do Senegal para a criação de uma comissão mista para controlo das fronteiras

1972-03-01

Directiva do Comando-Chefe de Angola para a regulamentação do emprego das tropas especiais (TE)

1972-03-01

Decisão, tomada pelo governador-geral (Rebocho Vaz) e pelo comandante-chefe de Angola (Costa Gomes), para a entrega a Jonas Savimbi de um salvo-conduto

1972-03-09

Ataque do PAIGC ao aeroporto de Bissalanca, próximo de Bissau

1972-03-27

Concessão, pelo Governo norueguês, de um subsidio ao PAIGC

1972-04-02

Inicio de uma visita efectuada por uma missão especial das Nações Unidas às zonas da Guiné-Bissau controladas pelo PAIGC

1972-04-02

Estabelecimento de um programa de ajuda da UNESCO ao MPLA no domínio da educação

1972-04-14

Abate de um avião militar português pela defesa antiaérea da Tanzânia

1972-04-17

Carta de Spínola a Marcelo Caetano em que considera que 'não ganharemos esta guerra pela força das armas'

1972-04-17

Divulgação de um manifesto da oposição 'O Fracasso do Reformismo', denunciando a crise do regime

1972-04-17

General Paiva Brandão, chefe do Estado-Maior do Exército

1972-04-20

Morte de três majores do Estado-Maior da Guiné numa emboscada montada pelo PAIGC quando se deslocavam para contacto com elementos deste movimento

1972-04-25

Visita dos adidos militares dos Estados Unidos, Inglaterra, Venezuela e África do Sul à Guiné

1972-04-29

Directiva do ministro da Defesa sobre a alta prioridade das Forças portuguesas à missão de informação, propaganda e contrapropaganda

1972-05-04

Recontro entre tropas portuguesas e do Malawi, junto à fronteira com Moçambique

1972-05-18

Encontro de Spínola com Leopold Senghor, no Senegal, próximo da fronteira com a Guiné, no sentido de explorar as possibilidades de mediação entre as partes em conflito

1972-05-19

Recondução de Spínola nos cargos de governador-geral e comandante-chefe da Guiné

1972-05-25

Reunião, no Luso, Angola, de delegações do exército português e da UNITA

1972-05-26

Encontro de Marcelo Caetano com Spínola, a quem este transmite os resultados do seu encontro com Senghor, afirmando Marcelo Caetano ser preferível perder a guerra a negociar a paz

1972-05-27

Revelação, pelo jornal Le Monde, de planos de Jorge Jardim para a constituição de um Governo em Moçambique semelhante ao Governo do Malawi

1972-05-30

Proibição por Marcelo Caetano do prosseguimento de quaisquer conversações entre as autoridades portuguesas da Guiné e o Senegal, porque não seria aceite 'qualquer hipótese de acordo político negociado' e que 'o Governo se encontrava preparado para uma der

1972-06-01

Encontro de Agostinho Neto e Holden Roberto em Rabat, para analisar formas de cooperação

1972-06-06

Acusação dos padres do Macuti pelo Tribunal Militar de Lourenço Marques

1972-06-13

Prisão, em Moçambique, de 32 membros da Igreja Presbiteriana

1972-06-18

Acusação de Marcelo Caetano à oposição, por esta ter aberto a 'quarta frente de combate'

1972-06-19

Publicação da Lei Orgânica do Ultramar Português

1972-07-01

Execução de exercícios antiguerrilha nos principais centros urbanos de Angola

1972-07-05

Decisão do Governo de libertar mais de 1500 prisioneiros internados em campos situados nas colónias

1972-07-11

Destruição pelas Brigadas Revolucionárias, em Cabo Ruivo, de 15 camiões destinados ao Exército português

1972-07-25

Abertura da frente de Manica e Sofala por parte da Frelimo

1972-07-26

Criação do Comando das Cargas Críticas, destinado a coordenar toda a actividade de transporte de materiais críticos para a barragem de Cahora Bassa

1972-07-28

Agravamento, pelo Supremo Tribunal Militar, para dez anos de prisão da pena do capitão cubano Pedro Peralta

1972-08-01

Aníbal São José Lopes passa a coordenar as operações da DGS em Angola e Moçambique

1972-08-01

Criação, pelo Estado-Maior-General de uma rede de informações para actuar em diversos países africanos, chefiada por Alpoim Calvão

1972-08-09

Acção da ARA de destruição de duas dezenas de torres eléctricas, nas áreas de Lisboa, Porto e Coimbra, da rede eléctrica nacional

1972-09-15

Nomeação de Costa Gomes para o cargo de Chefe do Estado-Maior General das Forças Armadas

1972-09-16

Patrulhas de voluntários civis fazem rusgas nos bairros populares de Luanda

1972-09-18

Ataque simultâneo da Frelimo a bases militares portuguesas no Niassa, Cabo Delgado e Tete

1972-09-21

Estado de sítio na cidade da Praia, Cabo Verde, após confrontos entre populares e forças militares

1972-09-22

Atribuição, pela Assembleia Geral da ONU, do título de observadores a representantes dos movimentos nacionalistas de Angola, Guiné e Moçambique

1972-09-30

Publicação da Lei Orgânica da DGS 1972.10 Nomeação de Santos e Castro para o cargo de governador-geral de Angola

1972-10-02

Discurso de Rui Patrício na ONU, boicotado pela maioria dos delegados

1972-10-16

Reconhecimento, pela Assembleia-Geral da ONU, do PAIGC como legítimo representante do povo da Guiné-Bissau e condenação de Portugal como ocupante ilegítimo

1972-10-19

Intervenção de Amílcar Cabral na ONU, anunciando a próxima proclamação unilateral da independência da Guiné-Bissau

1972-10-20

Resolução do Conselho de Segurança da ONU condenando Portugal pelo ataque a uma aldeia no Senegal

1972-10-24

Carta de Spínola a Marcelo Caetano, solicitando autorização para se encontrar com Amílcar Cabral, que foi negada

1972-11-01

'Conversa em família' de Marcelo Caetano, que critica o alarmismo de alguns vizinhos de Moçambique

1972-11-01

Fim do mandato do embaixador americano em Lisboa, que se retira sem ser substituído, situação só solucionada em Janeiro de 1974

1972-11-02

Reconhecimento, pela Assembleia-Geral da ONU, da legitimidade das lutas armadas contra Portugal, em África

1972-11-11

Aprovação, por unanimidade, pelo Conselho de Segurança da ONU de uma resolução pedindo a Portugal que inicie conversações com 'interlocutores válidos' para uma solução das guerras

1972-11-11

Critica das autoridades rodesianas aos métodos de combate antiguerrilha de Kaúlza de Arriaga

1972-11-13

Reconhecimento, pelo Comité de Descolonização da ONU, dos movimentos nacionalistas como legítimos representantes dos povos de Angola, Guiné e Moçambique

1972-11-22

Resolução do Conselho de Segurança da ONU, aprovada por unanimidade, sobre a política colonial portuguesa, focando: reconhecimento da legitimidade das lutas travadas pelos movimentos de libertação e apelo ao Governo português para iniciar negociações

1972-12-13

Acordo entre o MPLA e a FNLA para a constituição de organismos comuns às duas organizações

1972-12-13

Acordo MPLA-FNLA assinado em Kinshasa por Agostinho Neto e Holden Roberto, que prevê a criação de órgãos superiores comuns

1972-12-16

Massacre de Wiriyamu (Moçambique) efectuado por forças portuguesas

1972-12-18

Um comandante do PAIGC refere, numa reunião com populações do interior, a utilização de uma nova arma contra as forças portuguesas na região do Cantanhez, anunciando a entrada em acção do míssil terra-ar

1972-12-30

Início da vigília na Capela do Rato, em Lisboa, durante a qual um grupo de católicos aprova um documento contra a guerra colonial

1972-12-31

Kaúlza de Arriaga manda arquivar um primeiro inquérito sobre os acontecimentos de Wiryamu

1972-12-31

Em documento oficial o comando militar português na Guiné prevê a utilização, pelo PAIGC, de canhões antiaéreos, lançadores múltiplos de foguetões, viaturas anfíbias, PT-16 e BTR-40 e carros de combate T-34, aumentando substancialmente o seu potencial bél

1973-01-01

O bispo de Tete comunica ao governador-geral de Moçambique a ocorrência dos massacres de Wiryamu

1973-01-01

Revolta do Leste de dissidentes do MPLA, liderados por Daniel Chipenda contra a chefia de Agostinho Neto

1973-01-08

Amílcar Cabral anuncia que o Estado da Guiné-Bissau será proclamado em 1973

1973-01-11

Demissão da função pública de todos os funcionários que participaram na vigília da Capela do Rato

1973-01-13

Marcelo Caetano numa 'conversa em família' declara que 'só temos um caminho, defender o Ultramar'

1973-01-20

Assassínio de Amílcar Cabral

1973-01-27

Condenação dos padres do Macuti a cinco e 20 meses de cadeia

1973-01-27

Mensagem de exortação dos dirigentes do PAIGC aos combatentes, de Amílcar Cabral, assinada por Aristides Pereira, Luís Cabral, Chico Mendes, Vítor Saúde Maria, Silvino da Luz e Paulo Correia

1973-01-27

Assinatura, em Paris, do cessar-fogo entre os Estados Unidos e o Vietname

1973-01-29

Kaúlza de Arriaga pede ao Governo um alargamento das suas competências em Moçambique, que lhe é recusado

1973-02-01

Simpósio dedicado à memória de Amílcar Cabral em Conacri, com a presença de 680 delegados de vários países e organizações de todo o mundo

1973-02-11

Manifestação na Beira pedindo a expulsão dos padres do Macuti

1973-02-14

Um documento militar atribui a Jorge Jardim a organização das manifestações de colonos na Beira

1973-03-06

Carta de António de Spínola a Marcelo Caetano sobre a evolução da situação na Guiné e a necessidade de medidas de natureza política

1973-03-21

Eleições para as novas assembleias legislativas de Angola e Moçambique

1973-03-25

Primeira utilização dos mísseis terra-ar Strella pelo PAIGC, responsáveis pela queda de um avião Fiat G-91 pilotado pelo tenente Pessoa

1973-03-31

Carta da Conferência Episcopal de Moçambique ao governador-geral denunciando os massacres de Wiryamu

1973-04-01

Realização, em Oslo, da Conferência Internacional da ONU e da OUA em apoio das vítimas do colonialismo e do apartheid na África Austral

1973-04-03

Resposta do governador-geral de Moçambique à Conferência Episcopal informando que decorre um inquérito sobre os acontecimentos de Wiryamu

1973-04-06

Atentados das BR, no Porto, contra instalações militares

1973-04-29

Rebentamento de petardos em várias localidades do país com panfletos contra a Guerra Colonial

1973-05-08

Início do ataque do PAIGC ao quartel de Guidage, no Norte da Guiné

1973-05-15

Reunião de comandos militares em Bissau durante a qual Spínola declara: 'Encontramo-nos indiscutivelmente na entrada de um novo patamar da guerra, o que necessariamente impõe o reequacionamento do trinómio missão-inimigo-meios'

1973-05-17

Início da Operação Ametista Real, em que o Batalhão de Comandos da Guiné assalta a base de Cumbamori, do PAIGC, situada em território do Senegal

1973-05-18

Início da Operação Amílcar Cabral realizada por forças do PAIGC contra o quartel de Guilege, no Sul da Guiné. Este ataque foi conjugado com outro a Guidage, pretendendo o PAIGC isolar as guarnições de fronteira

1973-05-22

Retirada da guarnição portuguesa do quartel de Guilege, no Sul da Guiné, para Gadamael-Porto

1973-05-23

Instruções do Governo-Geral de Angola para prosseguimento da integração de Savimbi e da UNITA

1973-05-25

Visita de Costa Gomes, chefe do Estado-Maior-General, à Guiné

1973-05-31

Agravamento da situação em Gadamael-Porto, em consequência da pressão militar do PAIGC e da retirada da guarnição de Guilege

1973-05-31

Durante o mês de Maio, o PAIGC realizou 220 acções militares de sua iniciativa, atingindo o valor mais elevado desde o início da guerra

1973-05-31

Carta do ministro da Defesa ao general Kaúlza de Arriaga anunciando-lhe o fim do seu comando em Moçambique

1973-06-01

Rejeição, pelo Governo, de um plano de Kaúlza de Arriaga para a formação de um comando militar único de Angola e Moçambique

1973-06-01

Abertura do I Congresso dos Combatentes, na cidade do Porto, que seria contestado, através de um abaixo-assinado, por cerca de 400 oficiais das Forças Armadas

1973-06-03

Anúncio, pelo Governo holandês, de um programa de apoio aos movimentos nacionalistas das colónias portuguesas nas áreas da educação e da saúde

1973-06-04

Divulgação, em Roma, do texto integral do relatório dos missionários sobre os massacres de Wiryamu

1973-06-15

Confirmação, pelo Supremo Tribunal Militar, das condenações dos padres do Macuti

1973-07-09

Carta de Marcelo Caetano a Kaúlza de Arriaga, comunicando-lhe haver vantagem em que outra pessoa possa rever os conceitos e tácticas anti-subversivas aplicadas em Moçambique

1973-07-10

Denúncia do massacre de Wiriyamu feita pelo padre inglês Adrian Hastings no jornal Times de Londres

1973-07-11

Desmentido oficial do Governo português acerca dos massacres de Wiryamu

1973-07-13

Publicação do Decreto-Lei 353/73 relativo às carreiras dos oficiais do Exército

1973-07-16

Início da visita oficial de Marcelo Caetano a Inglaterra, onde é recebido com manifestações de protesto

1973-07-18

Início do II Congresso do PAIGC no interior da Guiné, em que Aristides Pereira é eleito novo secretário-geral do partido e feita a convocação da primeira sessão da Assembleia Nacional Popular, que deverá proclamar a independência nacional

1973-07-26

Denúncia de um massacre de 126 civis na zona de Quibaxe, Angola, feita por missionários holandeses

1973-07-31

Substituição de Kaúlza de Arriaga por Basto Machado no cargo de comandante-chefe de Moçambique

1973-07-31

Aristides Pereira anuncia que cinco indivíduos, julgados pelo assassínio de Amílcar Cabral, foram fuzilados

1973-08-01

Condenação de Portugal, na Comissão de Descolonização da ONU, pela sua política colonial

1973-08-06

Regresso de António de Spínola a Portugal, vindo a ser substituído nos cargos que desempenhava na Guiné

1973-08-13

Início do III Congresso da UNITA

1973-08-18

Reunião de cerca de duas dezenas de oficiais, no Clube Militar de Bissau, contestando o Decreto-Lei 353/73, sendo nomeada uma comissão para coordenação de actividades

1973-08-20

Publicação do Decreto-Lei 409/73, que corrige alguns aspectos do DL 353/73, referente às carreiras dos oficiais do Exército

1973-08-21

Reunião de oficiais, em Bissau, em que é aprovado o texto de uma exposição a enviar às altas entidades militares e políticas sobre as novas disposições acerca das carreiras militares

1973-08-25

Reunião de oficiais, em Bissau, em que se decide assinar colectivamente a exposição anteriormente aprovada, e se elege uma comissão do Movimento dos Capitães, constituída por Almeida Coimbra, Matos Gomes, Duran Clemente e António Caetano (substituído depo

1973-08-25

Substituição de António de Spínola por Bettencourt Rodrigues nos, cargos de governador-geral e comandante-chefe da Guiné

1973-09-01

Deserção de cinco marinheiros durante a realização de um exercício NATO no Atlântico Norte

1973-09-01

Declaração de princípios do Partido Socialista, em que se declara como 'radicalmente anticolonialista'

1973-09-01

Encontro, em Paris, de delegações dos Partido Socialista e do Partido Comunista, chefiadas por Mário Soares e Álvaro Cunhal

1973-09-01

Posse de Bettencourt Rodrigues do cargo de governador-geral e comandante-chefe da Guiné

1973-09-01

Marcelo Caetano admite que foram cometidos excessos na localidade de Chawola, em Moçambique

1973-09-05

Envio de uma exposição colectiva às altas entidades, assinada por 51 oficiais em serviço na Guiné

1973-09-07

Transferência do coronel Armindo Videira, governador de Tete, na sequência dos acontecimentos de Wiryamu

1973-09-09

Reunião em Évora, do Movimento dos Capitães, onde é assinada uma exposição colectiva por 136 oficiais

1973-09-12

Conclusão de uma proposta para a solução do problema de Moçambique elaborada por Jorge Jardim e Kenneth Kaunda, presidente da Zâmbia (Programa de Lusaca)

1973-09-14

Reunião de Kaúlza de Arriaga com outros generais das Forças Armadas para preparação de uma acção concertada contra o Governo

1973-09-21

Reunião do Movimento dos Capitães em Luanda, onde se decide a apresentação de um pedido individual de demissão de oficial do Exército

1973-09-24

Proclamação unilateral da independência da Guiné-Bissau feita pelo PAIGC, em Madina do Boé, no interior do território

1973-10-01

O Senado americano proíbe a Administração de conceder a Portugal qualquer ajuda que possa contribuir para a manutenção do regime colonial

1973-10-06

Reunião alargada do Movimento dos Capitães, em Lisboa, realizada simultaneamente em quatro locais, onde se coloca a hipótese do emprego da força para derrubar o regime

1973-10-06

Inicio da assinatura de um pedido de demissão de oficial do Exército por parte dos oficiais abrangidos pelos decretos de 13/7 e 20/8, que ficaram em posse de uma comissão coordenadora provisória

1973-10-13

Autorização, concedida pelo Governo português, para os Estados Unidos utilizarem os Açores como escala de apoio a Israel na Guerra do Ion Kippur

1973-10-15

Pedido, feito por 56 países da ONU, de agendamento de um debate sobre a 'ocupação ilegal pelas forças militares portuguesas de certas zonas da Guiné-Bissau'

1973-10-15

Reunião do Movimento dos Capitães em Nampula (Moçambique), onde se decide prosseguir o movimento apesar da suspensão dos decretos de 13/7 e 20/8

1973-10-18

Reuniões do Movimento dos Capitães, em Bissau e em Luanda, decidindo-se, em ambos os lados, prosseguir com a mobilização dos oficiais, apesar da suspensão dos decretos

1973-11-01

Saudação pela Assembleia-Geral da ONU da independência recente da Guiné-Bissau e condenação da ocupação por Portugal de algumas áreas do território

1973-11-02

Resolução histórica da Assembleia Geral da ONU, única no direito de descolonização, reconhecendo a independência da República da Guiné-Bissau, a presença ilegal de militares portugueses naquele território e aprovação, com o voto de 93 Estados membros, de

1973-11-07

Remodelação ministerial com o fim de responder à agitação nas Forças Armadas, com Silva Cunha na Defesa Nacional, Andrade e Silva no Exército, Baltasar Rebelo de Sousa no Ultramar, Viana de Lemos como subsecretário de Estado do Exército e Telo Polleri par

1973-11-11

Admissão da Guiné-Bissau na FAO

1973-11-16

Resolução da Assembleia-Geral da ONU convidando, pela primeira vez, a República da Guiné-Bissau a participar na III Conferência das Nações Unidas sobre o Direito do Mar

1973-11-19

Visita de uma delegação da Guiné-Bissau a Moscovo

1973-11-19

Admissão da Guiné-Bissau como 42.º Estado membro da OUA

1973-11-24

Reunião do Movimento dos Capitães, na Parede, onde Luís Banazol fala da necessidade de fazer uma revolução e se colocam três hipóteses de futura actuação: conquista do poder, exigência de eleições livres ou reivindicações exclusivamente militares

1973-11-29

Resolução da Cimeira Árabe sobre o embargo total do petróleo destinado a Portugal

1973-12-01

Constituição de uma comissão nas Nações Unidas para investigar as atrocidades cometidas por Portugal em Moçambique

1973-12-01

Libertação de militares portugueses que se encontravam presos na Zaire

1973-12-01

Reunião, em Óbidos, do Movimento dos Capitães, em que é eleita uma comissão coordenadora alargada e votados os nomes dos generais a contactar pelo movimento - António de Spínola e Costa Gomes

1973-12-05

Primeira reunião, na Costa de Caparica, da Comissão Coordenadora do Movimento dos Capitães eleita em Óbidos, onde se escolhe a direcção do movimento: Vasco Lourenço, Otelo Saraiva de Carvalho e Vítor Alves

1973-12-11

O Comando Operacional da Defesa de Cahora Bassa (COCB) assume a responsabilidade da protecção da zona da barragem

1973-12-17

Resolução da Assembleia-Geral da ONU aprovando os poderes da delegação de Portugal 'tal como ele existe no interior das suas fronteiras na Europa', excluindo desses poderes os 'territórios sob domínio português de Angola e Moçambique' e a 'Guiné-Bissau, q

1973-12-20

Ordem de embarque imediato para a Guiné de alguns oficiais do batalhão de Ataíde Banazol

1974-01-01

Ataque da Frelimo a Mueda com foguetões de 122 mm

1974-01-14

Acção da Frelimo na zona do Chimoio, no Centro de Moçambique, de que resultou a morte da mulher de um fazendeiro branco, facto que provoca larga agitação e protestos dos agricultores brancos da região

1974-01-17

Manifestação da população branca da zona centro de Moçambique, em especial na cidade da Beira, contra as Forças Armadas e os militares, com confrontos físicos e alguns feridos

1974-01-17

Partida de Costa Gomes para Moçambique, a fim de se inteirar dos acontecimentos ocorridos no território, em que estiveram envolvidos civis brancos e militares

1974-01-21

Primeira acção do PAIGC na cidade de Bissau, com lançamento de engenhos explosivos contra autocarros da Força Aérea, seguidos, uma semana depois, de dois outros engenhos do mesmo tipo num café da mesma cidade, frequentado por militares portugueses

1974-01-21

Envio para Lisboa de dois telegramas da comissão do Movimento dos Capitães em Moçambique sobre os acontecimentos da Beira

1974-01-22

Jorge Jardim define o planeamento de aplicação do Programa de Lusaca, admitindo o recurso a um golpe de Estado

1974-01-22

Reunião do Movimento dos Capitães, em que se decide, face à gravidade dos acontecimentos de Moçambique, emitir um comunicado e contactar o general Spínola

1974-01-23

Apresentação à hierarquia de uma exposição do Movimento dos Capitães de Moçambique sobre a situação resultante dos acontecimentos da Beira, assinada por 180 oficiais

1974-01-26

Reunião do Movimento dos Capitães no Estoril, onde é constatada a necessidade de elaborar um documento que defina os seus objectivos políticos

1974-01-27

Abaixo-assinado elaborado pela comissão regional do Movimento dos Capitães na Beira (Moçambique) sobre os últimos acontecimentos

1974-01-29

Envio, pela comissão do Movimento dos Capitães em Nampula, de um relato circunstanciado dos acontecimentos da Beira, para Lisboa e para as comissões regionais

1974-02-05

Chegada a Lisboa de Jorge Jardim para conversações com o Governo sobre uma proposta de resolução do problema de Moçambique, supostamente apoiada pelos dirigentes de alguns países africanos

1974-02-12

Publicação do documento do bispo de Nampula, D. Manuel Vieira Pinto, 'Imperativo de Consciência'

1974-02-13

Restabelecimento de contactos entre a UNITA e a administração de Angola

1974-02-14

Cartado Movimento dos Capitães da Guiné sobre a situação geral e a necessidade de passar à acção contra o regime

1974-02-22

Rebentamento de uma carga explosiva no Quartel-General do Exército de Bissau, tendo ficado ferido o segundo-comandante, acção reivindicada pelas Brigadas Revolucionárias

1974-02-22

Publicação do livro de António de Spínola, Portugal e o Futuro

1974-03-05

Plenário em Cascais do movimento de oficiais das Forças Armadas, onde foi aprovado o documento 'O Movimento, as Forças Armadas e a Nação'

1974-03-06

Elaboração de um plano por Kaúlza de Arriaga e Luz Cunha para pôr fim à 'subversão comunista do Exército'

1974-03-11

Aprovação da política colonial do Governo, pela Assembleia Nacional

1974-03-15

Demissão de Costa Gomes e António de Spínola dos cargos de chefe e vice-chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas

1974-03-16

Pronunciamento do RI 5, das Caldas da Rainha, primeira tentativa de golpe militar do movimento dos oficiais das Forças Armadas, que conduz à prisão de cerca de 200 homens

1974-03-19

General Joaquim da Luz Cunha, chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas

1974-03-28

Última 'conversa em família' de Marcelo Caetano, em que reafirma a politica ultramarina do seu Governo e condena os implicados no movimento de 16 de Março

1974-03-31

Violento ataque do PAIGC à guarnição militar portuguesa de Bedanda, com utilização de viaturas blindadas

1974-04-04

Carta da direcção do movimento de oficiais para as colónias, informando as respectivas comissões de que não deveriam tomar a iniciativa de qualquer acção

1974-04-11

Primeira utilização, pela Frelimo, de mísseis terra-ar SAM-7

1974-04-11

Apresentação nas Nações Unidas do representante da Guiné-Bissau, Júlio Semedo

1974-04-13

Informação do movimento de oficiais da Guiné à comissão de Lisboa, de que está preparado para assumir a iniciativa do movimento, caso seja necessário

1974-04-14

Expulsão de Moçambique do bispo de Nampula, D. Manuel Vieira Pinto

1974-04-24

Organização do posto de comando do MFA em Engenharia 1, na Pontinha

1974-04-25

Revolução dos Cravos, conduzida pelo MFA

1974-04-25

Nomeação, pelo MFA, de uma Junta de Salvação Nacional: Costa Gomes, António de Spínola, Jaime Silvério Marques, Pinheiro de Azevedo, Rosa Coutinho, Galvão de Meio e Diogo Neto

1974-04-26

Apresentação pública do Programa do Movimento das Forças Armadas (MFA)

1974-04-26

Golpe de Estado do MFA na Guiné

1974-04-27

Envio de tropas pára-quedistas de Nampula para Lourenço Marques a fim de tornar efectiva a demissão do governador-geral de Moçambique

1974-04-29

General Costa Gomes, chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas

1974-04-29

Carta de militares portugueses da Guiné, especialmente milicianos, ao general Spínola, exigindo negociações com o PAIGC

1974-05-02

Encontro, em Paris, de Senghor com Carlos Fabião, delegado de Spínola

1974-05-04

Organização, em Bissau, do movimento alargado de oficiais, sargentos e praças

1974-05-04

Primeira manifestação, em Lisboa, de boicote ao embarque de tropas para as colónias

1974-05-07

Chegada a Bissau de Carlos Fabião, como encarregado do Governo

1974-05-11

Criação da União Democrática de Timor (UDT)

1974-05-15

Reunião de militares em Bissau, donde sai uma directiva do MFA da Guiné sobre a integração no MFA de todos os militares, incluindo os do movimento alargado de oficiais, sargentos e praças

1974-05-17

Declaração do secretário-geral da ONU, Kurt Waldheim, mostrando-se esperançado que Portugal reconhecesse o direito à autodeterminação e iniciasse negociações com os movimentos de libertação

1974-05-20

Criação da Associação Social-Democrata Timorense, que em Setembro se transforma na Frente Revolucionária de Timor-Leste Independente (Fretilin)

1974-05-24

Nomeação oficial do Gabinete do MFA em Moçambique, com funções de assessoria junto do comandante-chefe

1974-05-25

Início das conversações com o PAIGC, em Londres

1974-05-30

Interrupção das conversações entre Portugal e o PAIGC, que decorriam em Londres

1974-06-01

Confirmação, pelo Comité de Investigação das Nações Unidas, do massacre de Wiryamu, em Moçambique

1974-06-06

Início das conversações entre Portugal e a Frelimo, em Lusaca

1974-06-08

Início da Operação Zebra, em Moçambique, destinada à detenção dos elementos e efectiva extinção da PIDE/DGS

1974-06-11

Posse dos novos governadores-gerais de Angola e de Moçambique, Silvino Silvério Marques e Soares de Melo

1974-06-13

Primeiros encontros formais entre militares portugueses e do PAIGC, no terreno

1974-06-14

Primeiro encontro formal entre o PAIGC e uma delegação portuguesa, em Argel

1974-06-15

Assinatura, no interior de Angola, de um acordo de cessar-fogo entre o MFA e a UNITA

1974-06-19

Encontro entre Spínola e Nixon, nos Açores, sobre questões levantadas pela descolonização

1974-06-26

Definição oficial das atribuições da Comissão Coordenadora Política do MFA junto do governador-geral de Moçambique

1974-07-01

Reunião do MFA em Bissau, onde se exigiu o imediato reconhecimento da República da Guiné-Bíssau

1974-07-01

Plenário do MFA em Moçambique que exige o reinício das conversações com a Frelimo

1974-07-10

Memorando do MFA de Moçambique recomendando o reconhecimento do direito à independência e da Frelimo como representante mais válido do povo de Moçambique

1974-07-15

Início de encontros formais em Cantanhez (Guiné) entre representantes portugueses do governo local e dirigentes do PAIGC

1974-07-16

Apresentação formal, pela República da Guiné-Bissau, do pedido de admissão na ONU

1974-07-17

Posição do MFA de Angola sobre a exigência de profundas mudanças na estrutura governativa de Angola, incluindo a demissão do governador-geral

1974-07-20

Plenário do MFA de Moçambique em Nampula, onde as delegações de Cabo Delgado e Tete exigem a concretização de um acordo com a Frelimo

1974-07-22

Posição do MFA de Moçambique sobre a necessidade de se iniciarem negociações com a Frelimo

1974-07-24

Publicação do regime transitório para Angola e Moçambique

1974-07-24

Nomeação de Rosa Coutinho para o cargo de presidente da Junta Governativa de Angola

1974-07-24

Demissão do governador-geral de Moçambique, Soares de Melo

1974-07-27

Publicação da Lei 7/74, que reconhece o direito das colónias à independência, confirmado por um discurso oficial de António de Spínola

1974-07-29

Nomeação de Pires Veloso para o cargo de governador-geral de São Tomé e Príncipe

1974-08-03

Distúrbios raciais generalizados em Luanda

1974-08-04

Publicação de um comunicado conjunto Portugal-ONU sobre a descolonização das colónias portuguesas

1974-08-05

Criação, por despacho de Spínola, da Comissão Nacional de Descolonização e do Gabinete de Descolonização

1974-08-07

Posse do novo governador de Cabo Verde, Silva Horta

1974-08-10

Elaboração dos princípios de descolonização para Angola pela Junta de Salvação Nacional

1974-08-11

Início de um encontro em Brazzaville das diversas facções do MPLA com vista à unidade do movimento

1974-08-14

Grande manifestação anticolonial em Lisboa

1974-08-15

Nova ronda negocial entre Portugal e a Frelimo, em Dar-es-Salam

1974-08-26

Assinatura, em Argel, de um acordo entre Portugal e o PAIGC

1974-08-30

Homologação do Acordo de Argel, assinado com o PAIGC

1974-09-03

Acordo de unidade do MPLA, sob a direcção de Agostinho Neto

1974-09-06

Distúrbios sociais em São Tomé

1974-09-07

Assinatura do Acordo de Lusaca, entre Portugal e a Frelimo

1974-09-07

Distúrbios provocados por alguns grupos de brancos em Moçambique, como reacção aos Acordos de Lusaca

1974-09-08

Aprovação, por unanimidade, do Acordo de Lusaca, pelo Conselho de Estado

1974-09-09

Lei Bn4 sobre a estrutura governativa de Moçambique, decorrente do Acordo de Lusaca

1974-09-10

Reconhecimento do Estado da Guiné-Bissau por Portugal

1974-09-10

Nomeação de Vítor Crespo para o cargo de alto-comissário para Moçambique

1974-09-15

Publicação do primeiro número do quinzenário Abertura, do MFA de Angola

1974-09-15

Encontro entre Spínola e Mobutu na ilha do Sal, em Cabo Verde, sobre a descolonização de Angola

1974-09-17

Admissão da República da Guiné-Bissau na ONU

1974-09-18

Plenário do MFA, em Luanda, de apoio à Junta Governativa de Angola

1974-09-21

Posse do Governo de Transição de Moçambique, chefiado por Joaquim Chissano, perante o alto-comissário Vítor Crespo

1974-09-21

Substituição de Silva Horta, no cargo de governador de Cabo Verde, por Sérgio Duarte da Fonseca

1974-09-27

Reunião de Spínola com representantes dos novos partidos de Angola

1974-09-28

Tentativa de golpe de Estado, anulada pelas forças democráticas

1974-09-29

Última reunião da Junta de Salvação Nacional e do Conselho de Estado sob presidência de António de Spínola, a quem este pediu medidas de excepção, que foram recusadas

1974-09-30

Renúncia de António de Spínola e investidura de Costa Gomes no cargo de Presidente da República

1974-10-03

Estruturação do MFA em Angola, com eleição de uma comissão coordenadora do Programa, composta por nove oficiais

1974-10-11

Assinatura, em Kinshasa, de um acordo de cessar-fogo entre a FNLA e uma delegação portuguesa

1974-10-12

Plenário do MFA, em São Tomé e Príncipe, que concordou em aceitar o MLSTP como único e legítimo representante do território

1974-10-15

Lei Constitucional sobre o reconhecimento da soberania da União Indiana em Goa, Damão, Diu, Dadrá e Nagar Aveli

1974-10-21

Assinatura, no Leste de Angola, de um acordo de cessar-fogo entre uma delegação militar portuguesa e o MPLA

1974-10-21

Graves distúrbios sociais e militares em Lourenço Marques

1974-11-06

Abertura de uma delegação da FNLA em Luanda

1974-11-08

Entrada do MPLA em Luanda

1974-11-09

Entrada da UNITA em Luanda

1974-11-09

Plenário do MFA de Cabo Verde, que aprova a sua estruturação e reconhece o PAIGC como único e legítimo representante do território

1974-11-23

Acordo entre a UNITA e a FNLA

1974-11-26

Assinatura de um acordo, em Argel, entre Portugal e o Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe

1974-11-27

Publicação do regime constitucional provisório de Angola

1974-12-15

Assinatura de um acordo entre o MPLA e a UNITA

1974-12-19

Reabilitação do general Vassalo e Silva, último governador da Índia Portuguesa

1974-12-21

Posse do Governo de transição de São Tomé e Príncipe, chefiado por Leonel d'Alva, representante do MLSTP

1974-12-26

Extinção do Comissariado para a Índia

1974-12-30

Posse do Governo de transição de Cabo Verde, constituído por representantes de Portugal e do PAIGC

1974-12-31

Institucionalização da Comissão Nacional de Descolonização

1975-01-03

Início da cimeira de Mombaça entre os três movimentos de libertação de Angola

1975-01-13

Assembleia do MFA de Timor, que aprova os seus estatutos e organização

1975-01-15

Assinatura do Acordo do Alvor entre Portugal e os três movimentos de libertação de Angola: FNLA, MPLA e UNITA

1975-01-20

Acordo entre a UDT e a Fretilin pela independência total de Timor e repúdio da integração na Indonésia

1975-01-22

Publicação do regime de transição para os funcionários portugueses dos novos Estados

1975-01-27

Chegada do presidente do Senegal, Léopold Senghor, a Lisboa, primeira visita de um chefe de Estado africano a Portugal depois do 25 de Abril

1975-01-28

Posse do alto-comissário de Angola, António da Silva Cardoso, nomeado nos termos dos Acordos de Alvor

1975-01-30

Estatuto Constitucional de Angola (Lei 1/75)

1975-01-31

Posse dos órgãos de Estado constituídos em Angola na sequência dos Acordos de Alvor: Governo de Transição, Comissão Nacional de Defesa e Estado-Maior Unificado

1975-02-13

Ataque do MPLA ao quartel das tropas de Chipenda, em Luanda

1975-03-11

Tentativa de golpe de Estado dominada pelas forças democráticas

1975-03-15

Inicio dos combates pelo controlo de Luanda entre a FNLA e o MPLA

1975-03-17

Instalação do Movimento de Libertação de São Tomé e Príncipe no território

1975-03-28

Efémero cessar-fogo em Luanda entre a FNLA e o MPLA

1975-03-31

Criação do IARN, Instituto de Apoio ao Retorno de Nacionais

1975-04-08

Novo, e também efémero, cessar-fogo entre os três movimentos de libertação de Angola

1975-04-18

Carta de Samora Machel a Vasco Gonçalves sobre o contencioso económico-financeiro entre Portugal e Moçambique

1975-04-29

Inicio de uma nova série de hostilidades entre os movimentos angolanos

1975-05-05

Inicio de conversações em Dili entre representantes do Governo português e dos partidos políticos locais

1975-05-28

Plenário do MFA de Macau, onde se confrontam duas tendências, que levou ao regresso antecipado a Portugal de alguns oficiais

1975-06-03

Troca de instrumentos de ratificação do tratado entre Portugal e a União Indiana sobre os territórios de Goa, Damão e Diu

1975-06-16

Início de um encontro dos três movimentos de libertação de Angola em Nakuru (Quénia)

1975-06-25

Independência de Moçambique

1975-06-26

Grave incidente entre um grupo de portugueses disfarçados de soldados do MPLA e os ocupantes de um veículo militar português em Luanda

1975-06-27

Ataque à delegação do MPLA em Luanda por forças portuguesas

1975-06-27

Inicio de uma semana de unidade e reconciliação nacional em Angola, com pouco êxito

1975-06-30

Eleições em Cabo Verde para a Assembleia Nacional Popular

1975-07-05

Independência de Cabo Verde

1975-07-07

Eleições em São Tomé e Príncipe para uma Assembleia Constituinte, com vitória esmagadora do MLSTP

1975-07-12

Independência de São Tomé e Príncipe

1975-07-17

Lei sobre a descolonização de Timor e respectivo Estatuto Orgânico

1975-08-07

Apresentação pública do Documento dos Nove, da autoria de Melo Antunes

1975-08-08

Manifestação da UDT em Timor contra os militares portugueses

1975-08-09

Greve geral em Timor convocada pela UDT

1975-08-10

Golpe de força da UDT em Dili (Timor), com ocupação do quartel da Policia, aeroporto, porto e outros pontos

1975-08-14

A UDT e a Fretilin tentam negociar um acordo, sem êxito, o que origina o início da guerra civil em Timor

1975-08-22

Suspensão dos Acordos de Alvor relativos a Angola

1975-08-29

Assinatura em Lisboa, de um novo acordo de cessar-fogo entre o MPLA e a UNITA

1975-09-05

Assembleia do MFA em Tancos, onde o Exército e a Força Aérea se fazem representar pelos seus chefes de Estado-Maior e onde se consuma o afastamento de Vasco Gonçalves e a recomposição do Conselho da Revolução

1975-11-11

Independência de Angola

1975-11-23

Chegada a Lisboa das últimas tropas da guerra colonial, regressadas de Angola

1975-11-25

Tentativa de golpe de Estado das forças radicais, com ocupação militar de bases da Força Aérea e da Televisão e cerco a outras unidades

1975-11-29

Proclamação da independência de Timor pela Fretilin

1975-12-07

Invasão e ocupação do território de Timor pelas tropas Indonésias

1976-02-22

Reconhecimento da República Popular de Angola por Portugal.