Operação Nó Górdio
Grandes operações NÓ GÓRDIO A situação em Cabo Delgado, em finais de 1969, era de acentuada pressão sobre os aquartelamentos militares portugueses, com a minagem dos itinerários e ataques às colunas tácticas e logísticas, tentando a Frelimo expandir as suas acções para sul do rio Messalo. Espalhava-se a ideia de que o planalto central era zona inacessível às tropas portuguesas depois de, no final desse ano, unidades de pára-quedistas e comandos não terem conseguido alcançar as grandes bases da guerrilha - Gungunhana e Moçambique.
Execução da Operação.
Operação Nó Górdio Execução da Operação. Para cumprimento deste plano foram constituídos sete agrupamentos: - dois para o cerco (Norte e Sul) e quatro de intervenção, um para cada objectivo e um para reserva.